Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 06-06-2020 às 17:45

6 mitos e verdades sobre a lingerie

Especialista fala sobre as principais dúvidas que permeiam o mundo da moda íntima, desde a escolha do modelo correto, a cor ideal para diferentes tipos de ocasião até os modelos pós-parto

| Creditos: Intima Passion

A escolha da lingerie é uma questão fundamental para diferentes tipos de ocasião. Desde o sutiã mais confortável a calcinha mais sexy ou discreta, a roupa íntima está junto com as mulheres ao integrar aquele look especial, ajudando a valorizar as curvas ou deixando-as mais elegantes.

Para esclarecer as dúvidas mais frequentes que permeiam o mundo da moda íntima, a estilista e modelista, Ediléia Oliveira, elencou os principais mitos e verdades para que todas as mulheres possam acertar na escolha da lingerie.

“Primeiramente é preciso estar atenta ao corte e ao tecido. Para aquelas que desejam se aprofundar ainda mais na moda íntima, teremos até dia 25 de Janeiro, o Outlet Juruaia, e no decorrer do ano a Felinju e o Festlingerie, eventos focados em moda íntima de Juruaia, o polo da lingerie. Para quem quiser fazer negócios, são uma excelente pedida”, afirmou Ediléia. 

 

Confira as dicas da especialista:

Verdade – As lingeries são aliadas poderosas para disfarçar as pernas grossas e o bumbum avantajado?

As calcinhas com as laterais mais largas proporcionam maior sustentação. O acessório comprime o bumbum e modela o corpo, assim como as bermudas modeladoras.

 

Mito – Posso usar uma calcinha mais tradicional pós-parto?

Após o parto é necessário aguardar um tempo até que os órgãos da mulher se alinhem. E devido a este momento, é necessário usar calcinha pós-parto para ajudar no conforto. Por isso, o modelo indicado é aquele que tem comprimento até o umbigo e normalmente seja um número a mais.

 

Verdade – Devo optar por uma calcinha mais próxima ao meu tom de pele ao usar vestido claro?

Sim. Aquela regra de usar a mesma cor da roupa com o vestido não vale, devido ao contraste da cor da pele com a lingerie. Para não correr o risco de sombra ou transparência no tecido, é importante optar por uma cor que mais se a próxima do tom da pele, dando preferência aos tecidos lisos.

 

Mito – Todo tipo de lingerie pode ser usada com o vestido de noiva?

Geralmente, as noivas buscam unir sensualidade e conforto neste momento especial. No entanto, não são todas as peças indicadas. O ideal é optar por acessórios que não irão marcar o tecido do vestido. Já o sutiã com bojo valoriza o colo e realça o decote. Para completar, use um persex que confere um charme especial as pernas.

 

Verdade – É possível disfarçar a gordurinha nas costas ao usar o sutiã certo.

Todas as mulheres estão propícias a terem àquelas indesejáveis gordurinhas nas costas, ainda mais se utilizarem um modelo muito justo. No momento da escolha, uma dica importante é vestir o acessório, levantar os braços e torcer o corpo. Se a peça não se movimentar, então pode comprar. Procure pelos modelos mais amplos e com faixas e alças mais largas.

 

Mito – A lingerie costuma ter “vida curta”.

A lavagem da lingerie exige cuidado especial. Uma dica válida é colocar as peças dentro de um saco de roupa ou dentro de uma fronha, antes de levar o acessório à máquina. É importante também fechar o sutiã para que os ganchos não sejam danificados. Se cuidar bem, vai aumentar o tempo de vida da roupa íntima.

 

Serviço:

11º Outlet Juruaia

Data: Até 25 de janeiro de 2020, das 8h às 17h, exceto aos domingos

Local: Lojas participantes em Juruaia, Minas Gerais

Contato: (35) 3553-1327

Site 

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.