Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 26-02-2020 às 06:26

“Ella & John”: filme relata desafio da terceira idade

Dois idosos saem em busca do que deixaram ao longo da jornada de suas vidas

Cena de "Ella & John" | Creditos: Divulgação

Tratar a decadência da velhice com respeito e bom gosto é um imenso desafio. O diretor Paolo Virzi consegue essa proeza em “Ella & John”, filme que tem as soberbas atuações de Donald Sutherland e Helen Mirren, respectivamente no papel de um marido com Alzheimer e sua esposa que convive com um câncer terminal.

Em um antigo trailer, eles saem de sua residência e, sozinhos, vão realizar um sonho dele, conhecer a casa em que viveu o escritor Ernest Hemingway, uma de suas paixões. Episódios dramáticos, mas com algumas pitadas de humor, narram essa jornada em busca de prazer nos últimos momentos de suas vidas.

Eles vão de Boston a Flórida sem contar para os filhos onde estão, numa jornada de encontros e desencontros e de recuperação daquilo que restou de si mesmos. Nesse sentido, toda noite, sentam para ver slides de fotos de família, sendo cada vez mais difícil para o marido lembrar quem são seus filhos e netos e, em certos momentos, reconhecer a própria esposa.

O desfecho trágico aponta para aquilo que muitos querem negar. A morte pode ser uma libertação das dores de viver em certos casos. Mas isso não se trata de uma regra ou de uma ideologia a ser defendida ou propagada. A questão é colocada como uma escolha existencial, pois a passagem do tempo traz consequências distintas para cada um.

Nesse sentido, talvez o momento mais pungente nessa viagem entre Boston e Florida, que traz um mergulho no próprio passado e em suas lembranças, seja a progressiva incapacidade do protagonista de ler o autor que mais gosta, porque a perda da memória recente o leva a não guardar as linhas que acabaram de ficar para trás. Assim, a vida pode ter um peso insuportável. A pensar...

 

Sobre o especialista:

Oscar D’Ambrosio é jornalista pela USP, mestre em Artes Visuais pela Unesp, graduado em Letras (Português e Inglês) e doutor em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e Gerente de Comunicação e Marketing da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.