Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 15-08-2020 às 16:18

Pavilhão aberto com Anna Helena Villela neste sábado

O programa Pavilhão aberto fecha o ano com visita-palestra de Anna Helena Villela, arquiteta que coordenou as expografias da 27ª, 28ª e 31ª Bienais de São Paulo

| Creditos: Reprodução

No ano em que o Parque Ibirapuera completa 65 anos, a Fundação Bienal de São Paulo convida a população de São Paulo, em especial os frequentadores do Parque, a conhecer o Pavilhão Ciccillo Matarazzo de outra maneira com o programa Pavilhão aberto. Entre setembro de 2019 e janeiro de 2020, uma vez por mês, o edifício fica aberto à visitação inteiramente vazio, proporcionando uma experiência direta com um ícone da arquitetura moderna brasileira e símbolo da Bienal de São Paulo. O programa conta ainda com a presença de palestrantes convidados, que conduzem visitas pelo Pavilhão, explorando diferentes olhares sobre o edifício e suas possibilidades como espaço expositivo para a arte contemporânea.

Marco da arquitetura moderna brasileira, o Pavilhão da Bienal foi projetado por Oscar Niemeyer como parte do conjunto arquitetônico do Parque Ibirapuera, construído em comemoração ao IV Centenário da cidade. Estar situado em um parque, portanto, em que todos os edifícios são unidos por uma grande marquise não é apenas uma curiosidade, mas traz em si um significado profundo: uma visão de cidade e de espaço público, um desejo de conexão e de abertura – desejo este que também norteia a atuação da Fundação Bienal.

   

Programa Pavilhão aberto 
Visita-palestra com Anna Helena Villela (inscreva-se)
14/12/2019, sábado, 10h30 – 12h (visitação: 10h – 14h)

Visita-palestra com Lúcio Gomes Machado
18/1/2020, sábado, 11h – 12h30 (visitação: 10h – 14h)

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.