Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 14-12-2019 às 11:44

Educadora parental vem a Cuiabá para bate papo

A educadora parental, Lua Barros é quem será a protagonista da conversa sobre educação com crianças

Educadora parental, Lua Barros. | Creditos: Divulgação

Acolher, ouvir, abraçar, dialogar e compreender. São essas algumas das ações que compõem a Parentalidade Positiva, uma moderna linha de educação entre pais e filhos que vem conquistando adultos interessados em descobrir outras alternativas para criar a futura geração. O tema é foco do trabalho da educadora parental, Lua Barros, que chega a Cuiabá na próxima semana para um bate papo com pais, educadores, estudantes, pedagogos e interessados em conhecer este tipo de abordagem. O evento é gratuito e as inscrições estão abertas, clicando aqui

Sob o tema “A educação das crianças na contemporaneidade: encarando os erros e acertos na educação dos filhos”, o encontro faz parte da 1ª edição do “ECSA Convida” que promove roda de conversa entre pais, alunos e educadores. O evento acontece na próxima terça-feira (26.11), às 19h30, no auditório do Colégio Maxi.

Mãe de quatro crianças, Lua Barros conheceu a nova forma de criação quando já tinha três filhos e estava à espera do quarto. Após algumas reflexões e autocríticas a respeito da maternidade, ela encontrou na Parentalidade o seu jeito de educar.

Estudiosos e pesquisadores da metodologia indicam como primeira regra da Parentalidade Positiva o conceito de “pais felizes = filhos felizes”. Com isto, o ambiente familiar tem como foco a harmonia, o reforço aos laços afetivos, e principalmente, a não violência. Para isso são adotadas técnicas de conversação, escuta e envolvimento entre pais e filhos.

 

Serviço:

O quê: “ECSA Convida” com Lua Barros

Onde: Auditório do Colégio Maxi, em Cuiabá

Quando: 26 de novembro (terça-feira), às 19h30 

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.