Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 06-12-2019 às 09:53

Rede Feminina de Combate ao Câncer é beneficiada com R$ 85,4 mil

O recurso arrecadado pelo projeto Troco Solidário, do Grupo Comper Supermercado, será utilizado para dar início à construção da Casa de Apoio da instituição.

| Creditos:

Solidariedade que faz a diferença na vida de quem precisa. A Rede Feminina de Combate ao Câncer recebeu um cheque no valor de R$ 85.476,68 do projeto Troco Solidário, desenvolvido pela Rede se Supermercados Comper. O aporte financeiro contribuirá para dar início à construção da Casa de Apoio a pacientes do interior que vêm a Cuiabá em busca de tratamento.

Para a representante da instituição beneficiada, Naliam Borges Cintra Machado, o recurso chegou em muito boa hora, pois vai servir para a ampliação do atendimento que há 30 anos é realizado dentro do Hospital do Câncer, em Cuiabá. A Rede Feminina possui atualmente 82 mulheres voluntárias que sensibilizam com a causa.

“Nesses anos, milhares pessoas foram atendidas em diversas frentes de trabalho, nós prestamos apoio, principalmente, a pacientes que precisam de exames urgentes e não podem pagar ou aguardar pelo SUS (Sistema Único de Saúde), já que é um caso de vida ou morte. Também temos dentistas que fazem reconstrução da face e outros serviços odontológicos”.

A gerente Regional de Operações da Rede Comper de Supermercado, Izilda Maria da Silva, afirma que o montante entregue foi arrecadado a partir de doações de clientes entre setembro e outubro, nas dez lojas da empresa. Como é um projeto ininterrupto, seis instituições são beneficiadas anualmente. Em dezembro, será a Associação Acidente Vascular Cerebral de Cuiabá (AAVCC).

“Em dez anos de realização do projeto, o mais importante é mostrar aos clientes que o dinheiro vem sendo bem investido e que todas as entidades beneficiadas prestam contas. Mais que responsabilidade social da empresa, é uma proposta de exercício da cidadania que envolve clientes e funcionários. Tenho muito orgulho em participar e perceber o sucesso que faz”.

Durante a entrega do cheque à Rede Feminina, na última quinta-feira (14), na unidade do Comper Coxipó, os funcionários que atendem no caixa receberam prêmios de campões de arrecadação, o que na avaliação de Edivânia Ianca Oliveira Marques, de 20 anos, que há oito meses trabalha na empresa e já ganhou outras três vezes a premiação, é um incentivo para continuar desenvolvendo um bom trabalho.

“É fundamental tratar o cliente com educação e perguntar se quer doar, porque muitos deles fazem questão de contribuir, especialmente as mulheres, elas costumam ter mais sensibilidade. Mesmo que a gente receba ‘não’, é importante buscar sempre um ‘sim’. Porque cada centavo faz a diferença para essas pessoas que precisam”. O mesmo avaliou Ângela Tenório e Simone, primeiro e terceiro lugar em arrecadação do projeto.

O diretor social da AAVCC, Darlan Souza Oliveira, está muito animado em participar do projeto no mês que vem, enfatizou que em 7 anos de atendimento, mais de 1,3 mil pessoas com acidente vascular cerebral (AVC) já passaram pela instituição e foram beneficiadas com tratamento psicológico, fisioterapia e outras atividades físicas. O papel da entidade é dar suporte aos pacientes em várias áreas.

“Nós queremos construir uma sede própria mais ampla, por isso o dinheiro do Troco Solidário será extremamente importante para transformar nosso sonho em realidade”. Ele disse que neste momento 40 pacientes estão recebendo auxílio da AAVCC em seus tratamentos, mas que esse número é cíclico, os atendimentos são feitos em parceria com a Unic (Universidade de Cuiabá).

 

Troco Solidário

A campanha foi instituída há 10 anos, com a proposta de desenvolver cidadania e responsabilidade social, viabilizando investimentos a entidades beneficentes escolhidas por meio de um critério rigoroso. Cotidianamente, o cliente que passa pelos caixas do Grupo Comper é informado sobre a ação do Troco Solidário. Ao final de dois meses de campanha, o total arrecadado com essas doações é repassado à instituição escolhida. 

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.