Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 17-11-2019 às 06:12

Simplesmente divino: conchiglione recheado

Conchiglione com espinafre e queijo do Divino Fogão

Conchiglione recheado com espinafre e queijo | Creditos: Divulgação

Conchiglione com espinafre e queijo 

Ingredientes:

Massa para conchiglione
200g de ricota fresca
50g parmesão
1 maço de espinafre
Sal e pimenta-do-reino à gosto
1 colher de sopa de farinha de trigo
200ml de leite quente
Manteiga
2 dentes de alho
100g de cebola
1 litro de molho vermelho de sua preferência

 

Modo de preparo: Leve a massa para cozinhar. Siga as instruções da embalagem e deixe a massa al dente. Escorra e reserve. Enquanto isso, prepare o recheio. Você precisa cozinhar o espinafre antes de picá-lo e misturá-lo à ricota. Deixe cozinhar por aproximadamente cinco minutos. Escorra bem a água e pique bem fininho. Em uma vasilha à parte, misture o espinafre à ricota esfarelada. Em uma panela, coloque a pimenta-do-reino, um fio de azeite e sal e refogar o espinafre por alguns minutos até murchar. Reserve. Prepare o molho branco. Você vai dourar um pouco de cebola na manteiga, depois adicionar uma colher e meia de farinha de trigo. Mexa bastante para não empelotar. É aí que você coloca o leite e mexe até engrossar. Adicione o queijo parmesão. Misture o espinafre com a ricota no molho branco. Reserve. Recheie a massa com uma colher do recheio. Arrume as conchas em um refratário e regue com o molho vermelho. Polvilhe o parmesão. Leve ao forno médio 200ºC para gratinar o queijo, por 25 minutos.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.