Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 11-12-2019 às 09:58

Alimentação, um direito de todos

No Brasil, uma alimentação de qualidade é um direito de todos? A nutricionista Crislene Santos, especialista em segurança dos alimento e gestora de empresa fala sobre o Dia Mundial da Alimentação, e destaca a lei que responde ao questionamento.

| Creditos: Shuterstok

              Em 16 de Outubro é comemorado o Dia Mundial da Alimentação, data essa que  foi criada com o intuito de desenvolver reflexão a respeito da alimentação no mundo.

              A data foi escolhida por também representar a criação da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), que hoje tem como principal objetivo alcançar a segurança alimentar de todos e garantir que as pessoas tenham acesso regular a alimentos em qualidade e quantidade suficientes.

             No Brasil, uma alimentação de qualidade é um direito de todos, sendo assegurada por lei. Segundo a lei nº 11.346, de 15 de setembro de 2006, art. 2º, “a alimentação adequada é direito fundamental do ser humano, inerente à dignidade da pessoa humana e indispensável à realização dos direitos consagrados na Constituição Federal, devendo o poder público adotar as políticas e ações que se façam necessárias para promover e garantir a segurança alimentar e nutricional da população”.

            No nosso país conseguimos sair do mapa da fome em 2014 e isso nos assegura que a maioria da população tem acesso a alimentos em quantidade suficiente para levar uma vida saudável. Hoje o novo desafio é atingir também a segurança dos alimentos, que por sua vez deve assegurar que os alimentos não tragam danos à saúde do consumidor.

Alimentação é coisa séria, e sem os cuidados necessários o alimento deixa de ser fonte de de nutrientes e passa a ser fonte de contaminação e de doenças. Por isso que dentro das pautas de políticas públicas os cuidados com o alimento em sua produção, transporte, conservação e exposição merece destaque.

            Aproveite o dia 16 de Outubro e reflita sobre seus hábitos alimentares, o desperdício e como você pode ajudar a mudar o quadro da alimentação em seu país.

Pequenas atitudes fazem o mundo melhor!!!

           

Crislene Santos
Nutricionista, especialista em segurança dos alimento e gestora de empresa

 

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.