Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 16-10-2019 às 02:47

34ª Bienal inaugura programação pública na OC Oswald de Andrade

A partir de outubro de 2019, serão realizadas conversas abertas com artistas e participantes da próxima edição da Bienal, em 2020

El Cóndor pasa, 2015 | Creditos: Adrian Balseca

Construída por meio de conversas e relações, a 34ª Bienal de São Paulo – Faz escuro mas eu canto busca se expandir no espaço e no tempo por meio de exposições e eventos em curso até setembro de 2020 – muitos em colaboração com outras instituições da cidade. Na Oficina Cultural Oswald de Andrade serão realizados encontros públicos com artistas e curadores convidados, onde será possível conhecer suas pesquisas, discursos e práticas artísticas em proximidade e diálogo.

Primeiro participante da programação pública, Neo Muyanga (n. 1974, Soweto, África do Sul) realiza uma conversa aberta no dia 10 de outubro. Compositor, músico e artista, ele inaugura a agenda de ações performáticas da 34ª Bienal em 2020 com uma obra que decorre de seu interesse pelas raízes, conflitos e sentidos políticos da música pan-africana diaspórica.

Adrián Balseca (n. 1989, Quito, Equador), agora anunciado como participante da grande exposição coletiva de setembro de 2020, conversa com o público no dia 12 de  outubro. Com elementos ensaísticos, sua obra muitas vezes ativa no tempo presente  os resíduos de ideais de progresso e modernização de territórios latino-americanos.

 

Serviço:

34ª Bienal de São Paulo – Faz escuro mas eu canto

Programação pública / Oficina Cultural Oswald de Andrade

Rua Três Rios, 363 - Bom Retiro, São Paulo

Entrada gratuita / 50 vagas (participação por ordem de chegada)

 

Conversa aberta com Neo Muyanga

10/10/2019, quinta-feira, 19h30 - 21h30
 

Conversa aberta com Adrián Balseca

12/10/2019, sábado, 16h30 - 18h30

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.