Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 16-10-2019 às 02:57

Ex-costureira se torna PhD em Odontologia

Conheça a história de determinação e sucesso de Cláudia Starling, que deixou de ser costureira para ser PhD em Odontologia

Cláudia Starling | Creditos: Renato Cipriano

Nascida em Itabirinha de Mantena, cidadezinha bem pequena do interior de Minas Gerais, Cláudia desde criança sempre dizia à todos que seus dois grandes sonhos seriam ser costureira e dentista!

O primeiro sonho conseguiu realizar ainda criança, quando resolveu desenvolver e confeccionar por conta própria alguns modelos de vestidinho de alta-costura para as bonecas Susi, que na época era o auge entre as meninas, e saia vendendo para todos na região onde morava, formando assim uma imensa clientela.    

Filha de professora, Cláudia  sempre estudou em colégios estaduais e mesmo sendo feliz e realizada, com o passar do tempo, via que ainda faltava alcançar o segundo sonho, que era ser dentista. Mais uma vez com muita determinação, já morando em Governador Valadares, juntamente com sua irmã, ambas conseguiram iniciar o curso de odontologia, onde com a ajuda da mãe, efetuava o pagamento da mensalidade de uma em um mês e da outra no mês seguinte.

Mas como sempre foi muito determinada e otimista... Um belo dia resolveu escrever uma carta, contando seus sonhos e também a sua história de vida, inclusive relatando a triste história de ter seu pai assassinado exatamente no dia de seu aniversário de 7 anos, e destinou nada mais e nada menos do que para o Presidente Itamar Franco, fazendo um único pedido: Ajuda com crédito educativo para realizar o seu sonho de se formar em Odontologia.

E eis que mais uma vez a sorte estava a seu favor e teve o seu pedido atendido!

Daí em diante conseguiu frequentar seu curso de Odontologia na FOG - Faculdade de Odontologia de Valadares, onde estava à cada dia mais apaixonada pela profissão que sempre sonhou desde pequena.

"Cresci dentro da faculdade, pois queria me profissionalizar cada vez mais. Em seguida fiz pós-graduação, mestrado, doutorado em Odontologia.

Quando achava que já estava realizada profissionalmente, eu recebi uma proposta para ir para Pensilvânia, um estado no nordeste dos EUA, para fazer o curso de Credenciamento para trabalhar com o aparelho Invisalign, que ainda não existia no Brasil. Fiz o curso e me tornei a primeira dentista credenciada habilitada no sistema do Brasil.   Atualmente o aparelho Invisalign que foi criado para as celebridades americanas, hoje destaca-se mundialmente como o melhor aparelho ortodôntico da odontologia.

"Eu nasci para alinhar dentes, mas principalmente alinhar corações. A Odontologia nos dá essa oportunidade de desenvolver o amor incondicional pelo próximo e transformar o meu cliente em ser humano, paciente, ou seja, um ser de autocontrole emocional. O ato de ser paciente é considerado uma das virtudes do Divino Espírito Santo de Deus de acordo com a doutrina cristã. Sempre passo uma receita para meu paciente falar 30 vezes ao dia: Divino Espírito Santo de Deus, domina a minha Mente, domina o meu Corpo, domina a minha Alma e domina o meu Espírito. Assim Seja! Amém! Essa é minha missão de vida, estimular essa maravilhosa virtude em meu paciente e tratar não somente a dor de sua boca, mas seu coração e alma", declara a Dra.Cláudia Starling.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.