Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 16-10-2019 às 02:49

Rinoceronte: cervejeiros dão alerta para risco de extinção

Cervejaria Sunset busca conscientização ambiental através de sua marca

A marca também possui diversos projetos sustentáveis. | Creditos: PixaBay

Muito conhecidos por serem o segundo maior mamífero terrestre do planeta, os rinocerontes travam uma árdua batalha contra o risco de extinção. Mesmo com as várias campanhas de proteção e leis rigorosas, a caça ilegal e o comércio de suas partes continuam. Por conta disso, o WWF (Fundo da Vida Selvagem Mundial) da África do Sul criou o Dia Mundial do Rinoceronte (World Rhino Day), que foi comemorado no dia 22 de setembro e visa destacar a importância de manter as cinco espécies da família protegidas. Por conta de sua blindagem natural em forma de couraça, que lhe dá uma estética jurássica, o rinoceronte acabou se tornando uma inspiração para muitos, desde partidos políticos e logo de empresas que queriam associar seus produtos à força e resistência até cervejarias.

A marca catarinense Sunset Brew surgiu após uma viagem de Eduardo Petry e Sheldon Cole ao Kruger National Park, na África do Sul, onde conheceram seu “muso” inspirador: o rinoceronte Sunset. Por lá ouviram um guia local contar a história sobre um rinoceronte da região. Valente, o animal derrotou o antigo líder da manada e dominou o território do safári. Em um fim de tarde, a fera se posicionou de frente ao pôr do sol africano, criando uma cena tão marcante a ponto de fazerem os líderes da localidade batizá-lo de “Sunset” (pôr do sol, em inglês). Aquele momento, para a dupla de turistas, foi tão significativo que, ao chegarem ao local de descanso, abriram algumas cervejas artesanais para relaxar. Dois anos depois, em 2015, nascia a marca Sunset Brew, em homenagem a fantástica experiência na África. Para reforçar o time, Giovana Petry ingressou no projeto e, no final de 2016, começaram a produzir. “Nossos rótulos têm sempre uma ilustração com algum animal em extinção ou em perigo. Temos essa consciência de ser uma marca que, além de oferecer cervejas produzidas com ingredientes de qualidade, busca conscientizar as pessoas sobre questões importantes como a extinção dos animais”, ressalta Eduardo.

A marca também possui diversos projetos sustentáveis. Alguns dos resíduos do processo de fabricação de cerveja são sólidos, como bagaço do malte, caixas de papelão, garrafas quebradas/descartadas e embalagens de insumos. Na Sunset, o bagaço do malte é integralmente depositado em barricas reutilizáveis e direcionado a pecuaristas para alimentação de bovinos.  Além disso, a marca possui um programa de coleta de vidros, que são destinados à empresa recicladora da cidade. Os demais resíduos são doados a uma associação de catadores.

“Hoje em dia é fundamental que as marcas tenham essa preocupação ambiental. O consumidor, hoje, busca por produtos que não sejam testados em animais, que sejam veganos ou que não prejudiquem o meio ambiente. Essas medidas, com o advento das redes sociais, tornaram-se ainda mais importantes, já que tudo é compartilhado e pode prejudicar uma empresa em questão de segundos”, ressalta o empresário.

Avaliada em R$25 milhões, a Sunset Brew obteve um salto de faturamento de 173,9% de 2017 para 2018 e, atualmente, vende para 22 estados brasileiros, possuindo em torno de 900 clientes. Em 2016, apenas dois anos após o início de suas operações, a capacidade de produção da fábrica foi expandida em 125%, chegando a 80 mil litros mensais. A Sunset Brew ainda abriu o seu primeiro Taproom (bar situado anexo às instalações da cervejaria), em Março de 2019, na região de Florianópolis.

Agora, para crescer ainda mais, a empresa dá um importante passo e acaba de ingressar no universo do equity crowdfunding. O valor pleiteado na plataforma Start Me Up é de R$3,75 milhões. Em apenas um mês, já angariou mais de R$650 mil. A empresa se mostra otimista com o desempenho, considerando que o investimento mínimo é de R$1.000 para a compra de um título privado conversível em participação societária. 

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.