Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 22-09-2019 às 05:55

Filme brasileiro “A Vida Invisível” disputará vaga no Oscar 2020

Produção foi selecionada e pode concorrer ao prêmio de Melhor Longa-Metragem Internacional

“A Vida Invisível” | Creditos: Divulgação

O Brasil pode ter um representante para a premiação do Oscar do ano que vem. Nesta terça-feira (27), a Academia Brasileira de Cinema anunciou que o filme “A Vida Invisível”, dirigido por Karim Aïnouz, irá disputar vaga na categoria de Melhor Longa-Metragem Internacional.

A produção brasileira entra numa lista de 12 concorrentes. O anúncio dos finalistas será no dia 13 de janeiro e a cerimônia do Oscar somente 9 de fevereiro em Los Angeles, nos Estados Unidos.

O longa premiado em Cannes é baseado no livro de Martha Batalha, intitulado "A Vida Invisível de Eurídice Gusmão”. Se passa no Rio de Janeiro da década de 1950 e conta a história das irmãs Guidas e Eurídice, que na juventude, tiveram as vidas marcadas pelo machismo da época.

O diretor cearense Karim Aïnouz traça um paralelo entre as situações retratadas na história e a atual situação das mulheres na sociedade brasileira.

“A história do longa tem uma coisa importante, que é o pai separar as duas irmãs supostamente em prol da 'honra da família'. A que preço se faz isso? A mesma história não aconteceria no Brasil hoje, mas acredito que histórias parecidas poderiam acontecer. Sempre que fazemos um filme de época, é importante jogar luz no passado, mas ver o que fala sobre o agora”

“A Vida Invisível” é uma produção de Karim Ainouz em parceria com o ‘Canal Brasil’ e tem a estreia marcada para dia 19 de setembro, na região Nordeste, e em todo o Brasil, no dia 31 de outubro.

O último filme brasileiro a disputar o Oscar de Melhor Longa-Metragem Internacional foi "Central do Brasil", de Walter Salles.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.