Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 15-09-2019 às 09:27

Coach ou psicólogo, qual atendimento buscar?

Para um atendimento sem distorções, saber a diferença básica entre coach e psicólogo é o início de tudo para seguir os próximos passos

A coach Herica Oliveira, formada pelo Instituto Brasileiro de Coach, acredita que a compreensão dos fatos possibilita uma harmoniosa ação entre os dois profissionais no mercado de trabalho. | Creditos: PixaBay

Todas as pessoas têm alguma necessidade e a maioria delas não consegue enfrentar os obstáculos da vida. Coach ou psicólogo, eis a questão, mas cada qual tem seu diferente papel e importância no desenvolvimento humano. É preciso enxergar com clareza o trabalho dos profissionais evitando confrontos desnecessários.

Para um atendimento sem distorções, saber a diferença básica entre coach e psicólogo é o início de tudo para seguir os próximos passos. O coach não lida com traumas nem problema do passado, muito menos realiza diagnóstico, ao contrário do psicólogo. Ele apenas serve de apoio para motivar quem quer encontrar a solução para os seus questionamentos, acertando no alvo de seu objetivo e atingindo metas.

A coach Herica Oliveira (foto à esquerda), formada pelo Instituto Brasileiro de Coach, acredita que a compreensão dos fatos possibilita uma harmoniosa ação entre os dois profissionais no mercado de trabalho. “Quando a pessoa entende isso, passa a compreender a importância de cada serviço e a buscar o profissional certo para a sua dificuldade em determinado momento da vida”.

Segundo Herica, é comum nas aulas para a formação do coach, o participante receber um treinamento que diz que ele não tem a expertise necessária para lidar com a mente humana, que é especialidade da psicologia. Da mesma maneira que o psicólogo não tem as diretrizes para o trabalho na área do coaching e para atuar necessita de uma formação complementar.

Ela acredita que para o crescimento profissional, os dois devem buscar novos conhecimentos. Para isso, a especialização é a grande dica para o avanço no mercado de trabalho.

_ O coach precisa descobrir os seu nicho, assim como o psicólogo precisa se desenvolver nas teorias que melhor lhe convém para o bom funcionamento do seu trabalho. Com o estudo, cada vez mais o maior conhecimento como complementação é o caminho em todas as áreas.

Mesmo ainda sem ser uma profissão regulamentada, o coach não é uma atividade para o exercício indiscriminado.  “Quem contrata tem que analisar rigorosamente a qualidade e formação do profissional para atendê-lo”.

E Herica, que também é pedagoga, fala com a voz da experiência de quem já passou por uma situação difícil com um profissional.  Ao iniciar a administração da empresa de sua família, contratou um coach sem o menor traquejo para o trabalho. A partir daí, foi buscar o conhecimento para ela mesma e acabou se especializando na área.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.