Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 26-08-2019 às 00:33

É Inverno! Devo levar meu pet para o banho?

As baixas temperaturas podem ressecar a pele e pelagem do animal causando alergias ou até problemas mais sérios

Durante o frio a pele dos animais fica mais sensível, aumentando o número de casos de dermatite, por isso é essencial secar bem o seu pet.  | Creditos: Divulgação

É inverno. O clima tem sido cada vez mais frio. Como nós, cães e gatos também sentem a temperatura. E para os donos que já sabem disso, fica a preocupação: Levar ou não para o banho de rotina?

A resposta pode variar de acordo com cada raça, mas em geral a resposta é: sim. Continue dando banho em seu pet. A pele e pelagem do animal ressecam com o frio, e com isso podem ocorrer alergias de pele causada por bactérias e fungos presas na pele e nos fios da pelagem causando um desconforto ao animal e até problemas mais sérios.

A dica é evitar banhos caseiros e aproveitar os recursos dos Pet Showers, como o uso de secadores adequados. Durante o frio a pele dos animais fica mais sensível, aumentando o número de casos de dermatite, por isso é essencial secar bem o seu pet. 

O banho traz diversos benefícios, e a preocupação deve se voltar a estrutura do lugar que pretende levar seu animal. Ambiente climatizado, água quente, aparelhos secadores e toalhas sempre limpas são essenciais. O Chica Chiquinha Pet Shower, em São Paulo, também se preocupou em criar um espaço anti-stress para os bichinhos. É uma técnica milenar originária no Japão, o Ofurô. Um banho estimulante realizado em uma banheira de madeira, onde são utilizados sais relaxantes. O espaço onde o procedimento é realizado é tranquilo, proporcionando total relaxamento. “Proporcionamos o banho de ofurô após o banho normal, pois a intenção é remover todas as sujeiras no pelo do pet e depois de limpo, o pet relaxa”, conta o proprietário, Vinicius Danieli.

Os cães e gatos que usufruem deste benefício são submetidos a sensação de bem-estar, assim como a diminuição das dores musculares no corpo do pet e a melhorias no psicológico (principalmente daqueles que possuem, problemas comportamentais como agressividade, estresse e insônia).

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.