Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 20-11-2019 às 00:58

Arte e eco-luxury conceituam living na CASACOR PR 2019

O destacado tom de ameixa do painel ripado permite que a arte de produção local prevaleça

A mistura de elementos rústicos e nobres fazem parte do conceito eco-luxury, que ditou a escolha dos materiais que compõem o acabamento, o mobiliário, as obras de arte e os objetos. | Creditos: Eduardo Macarios/CASACOR

A valorização da produção local e o apreço a um design atemporal foram os motes que marcaram a estreia de Larissa Lóh na CASACOR Paraná 2019.

O espaço de 77 metros quadrados foi inspirado em uma família cosmopolita e descontraída, que valoriza materiais orgânicos e prioriza conceitos de sustentabilidade sem abrir mão do conforto e da tecnologia.

O Living e Hall da Família Jovem é marcado pelo contraste de cores claras e escuras, com destaque ao belo tom de ameixa do grande painel ripado que preenche o estar.

“O painel em tom ameixa com relevos de marcenaria faz alusão aos tapumes metálicos industriais e está presente em todos os pontos do ambiente, conectando o layout e trazendo unidade através da textura”, explica a arquiteta.

A mistura de elementos rústicos e nobres fazem parte do conceito eco-luxury, que ditou a escolha dos materiais que compõem o acabamento, o mobiliário, as obras de arte e os objetos.

O painel revestido em mármore contrasta com tom ameixa, e se conecta à escultura têxtil de conceito orgânico. “Além da estética, a escolha do mármore vai de encontro a valorização de produtos e mão de obra locais”.

As luminárias e o tapete em fibra e seda javanesa são fabricados em Curitiba, em valorização dos produtos locais. “Desde que comecei este projeto para a CASACOR, alguns objetos como as garrafas em cristal e alguns livros foram me ‘encontrando’ e comecei a seleção”, lembra.

A arquiteta dispensa modismos, apostando no vidro e no metal, descritos como elementos “ancestrais”, para os detalhes do mobiliário. Uma grande estante de ferro e MDF ainda faz parte do fundo do living.

A paleta de cores permite que a arte prevaleça – a base neutra composta por branco, caramelo e cinza torna propício que as obras de arte tragam mais personalidade e exclusividade para o projeto.

Uma escultura de Bruno Marcelino toma conta da entrada, enquanto as fotografias de Antonio Wolff transmitem leveza e o painel de Barbera van den Tempel brinca com os limites. “A obra Universos Paralelos, que participou da exposição individual de Barbera em 2018 no MuMA, revela as buscas da artista pelo comportamento dos materiais orgânicos em forma de arte. Um trabalho único que conforta”.

Além da Universos Paralelos, duas esculturas em feltro e algodão e outras duas em porcelana, todas assinadas por Barbera van der Tempel, estão no ambiente. “São peças que a artista buscou encontrar o limite dos materiais, explorando – de forma sensível e única – até seu máximo”.

No hall, o túnel em madeira Tauari cria uma atmosfera natural em conjunto com o balanço Ipê feito em corda náutica, pelo designer Sergio Matos. A peça exala brasilidade e evidencia um aprimorado trabalho artesanal. A peça contemporânea – concebida com base em técnicas antigas de artesãos – é a grande estrela do hall e tem a vantagem de que pode ser usada em espaços internos e externos.

 

SERVIÇO

CASACOR PARANÁ 2019

QUANDO?

De 18 de maio a 7 de julho de 2019

ONDE?

Edifício Zoller Building Center – Rua Coronel Menna Barreto Monclaro, 423 – Centro

QUANTO?

Inteira – R$50

Meia entrada – R$25

Associado Clube do Assinante Gazeta do Povo – R$40

Associado Clube Curitibano – R$40

Garanta seu ingresso!

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.