Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 25-08-2019 às 23:00

Jane Muniz, presidente do Spa das Sobrancelhas, já morou em comunidade e hoje sua rede fatura mais de 80 milhões ao ano

A empresária superou falência do primeiro negócio e hoje conta com mais de 400 franquias vendidas em todo o país

| Creditos: Divulgação

A história de Jane Muniz, de 37 anos, fundadora do Grupo Beauty, uma junção de sete marcas, incluindo o Spa das Sobrancelhas, com quase 400 franquias, assemelha-se às histórias de outras milhares de mulheres. Ex-moradora da comunidade do Fubá, na zona norte do Rio de Janeiro, perdeu a mãe muito cedo, e como o pai não tinha boas condições financeiras, teve que começar a trabalhar bem jovem, logo após a perda da mãe quando ela tinha 8 anos.

" Meu pai criou sozinho eu, minha irmã e dois irmãos. A gente morava em uma comunidade em Madureira, na Zona norte do Rio de Janeiro, com uma vida pobre e simples. E em volta da gente, mais pobreza e violência. Tanto que meu irmão mais velho se perdeu no tráfico. Foi terrível, mas me ensinou a importância das escolhas que eu faço na vida. Eu não queria ter o mesmo fim que ele. Por isso, desde nova, eu me virava para conseguir ter o meu dinheiro de jeito honesto. Aos 9 anos, carregava água para os vizinhos por uns trocados; aos 10, lavava louça e roupa. Com 13, consegui meu primeiro emprego vendendo bijuteria. Depois, não parei mais - conta a mestre em visagismo facial".

Jane trabalhou como atendente, secretária e vendedora de diversas lojas, e teve o seu primeiro contato com o mundo da beleza em uma perfumaria, foi quando ela passou a entender melhor como funcionava o uso dos cosméticos. Antes, ela lavava os seus cabelos com sabão de coco e mal sabia o que era um condicionador. Inspirada por um salão que existia dentro dessa loja, ela começou sua aventura no empreendedorismo.

Juntamente com o então namorado, Marko Porto — hoje marido e sócio —, fizeram um curso de cabeleireiro e, com apenas 19 anos e um investimento de 8 mil reais, Jane abriu seu primeiro salão e tornou-se empresária. O novo negócio fez muito sucesso, mas os planos de expansão acabaram causando a falência.

 - Fomos conquistando cada vez mais e mais clientes. Isso tudo, em questão de meses. Então, recebemos uma proposta para comprar mais um salão, expandir. Estava prontinho, era só abrir. Decidimos tentar e foi nosso maior erro. Dividindo nossa energia entre as duas unidades, não conseguimos cuidar tão bem dos dois e a clientela foi começando a cair, mas os custos agora eram o dobro. Resultado: quebramos.

-Devendo o aluguel, telefone, salários e pagamentos de fornecedores, fechamos o salão, com uma mão na frente e outra atrás. Estávamos destruídos, uma sensação de fracasso indescritível - lembra a empresária. 

Mas Jane não se deu por vencida, ligou para todo mundo e avisou que ia começar de novo e que pagaria como pudesse: - A grande lição que tirei disso é que a sinceridade ajuda nessas ocasiões. Sem telefone, ela pegou alguns panfletos e ficou na porta convidando as pessoas a entrar. A estratégia funcionou, e em poucos meses ela já tinha conquistado uma clientela fiel. 

Como o estabelecimento já dava um atendimento especial às clientes que queriam tratar as sobrancelhas, a empresária e o marido perceberam que a grande busca pelo serviço, que tem baixo custo, poderia trazer frutos. 

A partir daí ela teve a ideia de criar um estabelecimento dedicado a valorizar o olhar. E assim, vendeu seu salão e em 2007 criou a primeira franquia de sobrancelhas do Brasil, o Spa das Sobrancelhas. Eles perceberam que segmentar os serviços de seu salão em design de sobrancelhas poderia ser um bom negócio. Em vez de uma loja, ela e o marido se mudaram para duas salas comerciais. Depois de um ano, surgiu a primeira filial.

Em 2011 entrou para o mercado de franchising, e a marca teve um salto de 11 para 160 unidades em apenas um ano. Hoje, tornou-se a maior rede especializada em design de sobrancelhas do mundo, presente em 24 Estados brasileiros e realizando mais de 200 mil atendimentos por mês, e em 2018 faturou mais de R$80 milhões.

Livro

 Recentemente, a empresária lançou seu livro "Problema ou Oportunidade? Seu Olhar Para os Negócios Define Seu Sucesso", pela Editora Gente.

"O que me moveu até aqui foi justamente me recusar a ficar vivendo os problemas", disse a empresária no livro lançado em março. 

 

Título: PROBLEMA OU OPORTUNIDADE? SEU OLHAR PARA OS NEGÓCIOS DEFINE SEU SUCESSO

Subtítulo: De vendedora a fundadora de um negócio milionário: você tem a chave para construir a vida dos seus sonhos

Preço Sugerido: R$ 29,90

Onde comprar:

http://livraria.folha.com.br/livros/negocios/problema-oportunidade-jane-muniz-1382229.html

https://www.travessa.com.br/problema-ou-oportunidade-seu-olhar-para-os-negocios-define-seu-sucesso/artigo/dab7f287-94aa-4fba-8277-54f57eac77d7

https://www.saraiva.com.br/problema-ou-oportunidade-seu-olhar-para-os-negocio-define-seu-sucesso-10064510.html

https://www.amazon.com.br/Problema-Oportunidade-Negócios-Define-Sucesso/dp/8545202237

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.