Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 22-09-2019 às 23:13

Falhas na sobrancelha: henna ou pigmento temporário?

A especialista em pigmentação e empresária da beleza Renata Barcelli comenta quais são as vantagens e desvantagens de cada substância

As opções temporárias para sobrancelhas são muito procuradas por mulheres que querem melhorar a harmonização do rosto e a expressão facial, mas não querem algo permanente. | Creditos: PixaBay

As opções temporárias para sobrancelhas são muito procuradas por mulheres que querem melhorar a harmonização do rosto e a expressão facial, mas não querem algo permanente. Na hora de escolher, a henna ainda é o método de embelezamento de curta duração mais procurando, porém existem outras opções.

O pigmento temporário, desenvolvido pela designer de sobrancelha e empresária Renata Barcelli, CEO da RbKollors, surge como alternativa ao uso da henna. O produto orgânico tem na composição extratos naturais, que auxiliam na regeneração das células, no crescimento e fortalecimento dos fios por meio do estímulo da oxigenação das células no local. A substância tem uma proposta biorepair, ou seja,  busca corrigir falhas sem o uso de ativos químicos, ao mesmo tempo que deixa os fios mais saudáveis e “emancipa” as sobrancelhas.

Renata Barcelli, responsável pela criação e desenvolvimento dos pigmentos temporários, explica que “os produtos  são criados para o tipo de pele das brasileiras, que costumam ser lipídicas por conta do nosso clima”. A especialista ainda ressalta que “a henna tem uma única função: colorir a pele simulando um sombreado”, já , “o pigmento temporário tem uma proposta diferenciada, por ser enriquecido com ativos que oxigenam as células e estimulam os folículos, ajudando no crescimento de novos fios, além de colorir a pele e os pelos assim como a henna faz”.

A henna passou a ser questionada no início do ano após pesquisadores da Universidade Federal de Goiás (UFG) concluírem que o produto pode causar complicações alérgicas e até mesmo câncer. O estudo analisou 10 marcas de henna e concluiu que nenhuma delas era 100% natural. O uso de metais pesados como chumbo e a substância química conhecida por PPD, que auxilia na fixação da pigmentação, contribuem para os problemas identificados no material.

A especialista recomenda que os pigmento temporários “sejam aplicados por uma profissional qualificada da área de estética”. Para ela é profissionais da área de estética precisam notar que “as mulheres buscam por produtos que embelezam e cuidam ao mesmo tempo”, por isso “a profissional que opta por usar o pigmento temporário tem a possibilidade de aumentar seu ganho por oferecer um diferencial que cumpre as duas funções de forma natural”.

 

Sobre Renata Barcelli

Renata Barcelli é designer de sobrancelha e empresária. CEO da RbKollors, que exporta produtos para 10 países, e proprietária do Laboratório das Sobrancelhas, clínica em Sorocaba. Importante nome da área da estética, Renata viaja o mundo em cursos, palestras e conferências sobre micropigmentação, microblading para profissionais de todo mundo. Conta com 118 mil seguidores no Instagram, onde sempre dá dicas sobre estética e fala sobre motivação profissional.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.