Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 16-07-2019 às 06:26

Como identificar e tratar a gravidez psicológica

Tentativas frustradas ou medo de engravidar podem desencadear o distúrbio emocional

Gravidez psicológica: como tratar? | Creditos: PixaBay

Enjoos, aumento do volume abdominal, dor nos seios e a ausência de menstruação são alguns dos sintomas normais de umagestação. No entanto, esses desconfortos também podem ser sentidos por mulheres que sofrem de gravidez psicológica, também conhecida como Pseudogestação e Pseudociese.

De acordo com Renato de Oliveira, ginecologista e infertileuta da Criogênesis, uma das maiores causas dessa condição é avontade de engravidar — seguida de tentativas frustradas durante muito tempo e o medo inconsciente desta responsabilidade. “APseudociese, na maioria dos casos, revela uma série de adversidades psicológicas, fruto de traumas do passado e tentativas frustradas de engravidar e constituir uma família”, explica.

Por apresentar os mesmos sintomas de uma gestação convencional, é preciso realizar um exame clínico para identificar a falsagravidez. “A simples ausculta com o estetoscópio de Pinard, além da ultrassonografia abdominal ou pélvica, demonstrarão um útero sem feto, que comprova a pseudociese. De forma complementar, realiza-se um exame de sangue que verifica a dosagem do BhCG, hormônio produzido pela placenta durante a gestação”, comenta.

Tratamento - Ainda não existe um tratamento específico para Pseudociese, por isso, o processo de aceitação e tratamento variade acordo com cada caso, sendo a família, amigos e médicos, parte integrante da terapêutica. “Um trabalho conjunto paradiagnosticar as origens do problema e saná-las possibilita que a mulher retome suas atividades normais e busque alternativas para concretizar o desejo de ser mãe”, finaliza Renato.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.