Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 23-05-2019 às 15:10

Alergia a tosa. É possível?

Veja quais os cuidados necessários durante o procedimento e o que cobrar dos profissionais de estética para evitar irritações na pele do seu animal

Dar Banho antes de realizar a tosa pode diminuir a incidência  do problema. | Creditos: Freepik

A tosa em animais de estimação pode ter funções estéticas, de higiene e até mesmo ajudar no tratamento de alguns problemas. No entanto, muitos tutores reclamam de alergias e irritações na pele,  que são percebidas depois do procedimento, é o queexplica o veterinário Jorge Morais, fundador da rede Animal Place. “Frequentemente aparecem feridas na face ou na região próxima às partes íntimas do animal e os tutores descrevem como alergia à lâmina de tosa”, explica.

Acontece que  lâmina é feita de aço cirúrgico, material hipoalergênico usado também na fabricação de próteses utilizadas em pets e humanos. “Não existe alergia a esse tipo de material, o que pode surgir é uma inflamação de pele relacionada à fricção dalâmina associado a falta de higiene ou cuidado dos profissionais na hora de fazer a tosa”, afirma o especialista. Pensando nisso, Dr. Morais dá algumas dicas para os tutores avaliem os lugares antes de decidir onde levar o animal e lembra que qualquer reação diferente, o ideal é sempre consultar um veterinário. Veja abaixo:

Dar Banho antes de realizar a tosa pode diminuir a incidência  do problema. Segundo Morais, se o funcionário do pet shop passar a lâmina nas patas, por exemplo, e essa mesma peça for usada em áreas mais delicadas do corpo do animal, pode haver contaminação. “Essa parte do corpo geralmente fica mais suja, com terra, lama, poeira e outros resíduos”, explica. “Outro erro éreutilizar a lâmina que teve contato com a região próxima ao ânus onde há maior concentração de bactérias”, acrescenta. Também é preciso secar bem o animal, em temperatura média para prepará-lo para a tosa.

As lâminas utilizadas na tosa podem se aquecer  durante o trabalho, causando pequenas queimaduras no corpo dos pets. “Épreciso que o profissional esteja atento e faça a troca do equipamento assim que o objeto começar a aquecer, usando  um intervalo ainda menor de tempo” em animais de pelo longo, detalha o veterinário.

 

Higienização e resfriamento

Morais recomenda ainda a utilização um kit de lâminas previamente higienizado. “É preciso trocar o kit de ferramentas e fazer alimpeza e o resfriamento das lâminas com produtos específicos para este fim, nunca utilizando o mesmo material em outros animais”, alerta o veterinário. “A lâmina utilizada para a tosa higiênica (próxima às partes íntimas) nunca  deve ser a mesmautilizada no corpo e na face do bichinho”, finaliza.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.