Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 17-10-2019 às 06:29

Silicone industrial não pode ser usado para preencher glúteos

Geralmente quem aplica não tem conhecimento técnico, as chamadas ‘bombadeiras’ ou se identificam como ‘esteticistas’ ou ainda ‘massoterapeutas’ e nesse caso cabeleireiros que utilizam materiais de origem duvidosa

Não arrisque sua vida em nome de um bumbum bonito. | Creditos: PixaBay

Na semana passada vimos mais um caso de uma jovem de 25 anos que morreu em Lorena(SP) após uma parada cardíaca causada por complicações da aplicação de silicone industrial que é totalmente proibido e impróprio para qualquer tipo de preenchimento corporal ou facial.

O silicone industrial que tem como finalidade a limpeza de carros e peças de avião, impermeabilização de azulejos e a lustração de painéis começou a ser usado para ‘fins estéticos’ na década de 70, principalmente por travestis, que buscavam formas corporais mais femininas. Então mulheres e homens aderiram a ‘moda’, que é clandestina e pode causar siliconoma, uma espécie de tumor causado pela reação do corpo a aplicação do produto que pode levar a necrose dos tecidos, embolia, reações alérgicas, dificuldadespara andar, deformidades e morte por infecção generalizada.

Geralmente quem aplica não tem conhecimento técnico, as chamadas ‘bombadeiras’ ou se identificam como ‘esteticistas’ ou ainda ‘massoterapeutas’ e nesse caso cabeleireiros que utilizam materiais de origem duvidosa e em locais sem a menor estrutura ou as vezes na casa da paciente o que aumenta o risco de contaminação visto que os produtos não são estéreis e podem ainda entrar na corrente sanguínea provocando a morte por septicemia(infecção).

Em alguns casos é possível retirar a substância com lipoaspiração, mas em outros é necessário remover partes do tecido, já que o produto químico se espalha pelo corpo e adere à região muscular. A cirurgia radical pode deixar o corpo ainda mais defeituoso, mas às vezes é a única alternativa.

Portanto vale o alerta: o baixo custo monetário não compensa os riscos e os danos causados à saúde. Pense nisso!

Se você realmente tem vontade de aumentar seu bumbum, procure um cirurgião plástico que ele vai te orientar sobre qual o melhor método a que você deve se submeter se seria uma prótese ou enxerto de gordura, mas o principal que seja um profissional habilitado, assim os riscos de algo dar errado diminuem substancialmente.

Não arrisque sua vida em nome de um bumbum bonito.

 

* Benedito Figueiredo Junior é cirurgião plástico na Angiodermoplastic. CRM 4385 e RQE 1266. Email: drbeneplastica@gmail.com

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.