Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 20-09-2019 às 22:28

Causas e sintomas da candidíase

A candidíase vulvovaginal é um distúrbio causado por fungos, em especial do gênero Candida; mais comumente afeta o trato genital feminino

Nas mulheres, ocorre como um desequilíbrio da microbiota vaginal por conta de um distúrbio imunológico ou de microbiota bacteriana. | Creditos: PixaBay

De acordo com o ginecologista Dr. José Eleutério, doutor em Tocoginecologia pela UNICAMPe presidente da comissão nacional especializada de doenças infectocontagiosas da Febrasgo ( Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia), são diversos os fatores que podem influenciar o fungo a se reproduzir no organismo, como o uso de antibióticos, eaté o clima, em especial em regiões quentes e úmidas. Outros facilitadores são situações deestresse e diabetes.

“Alguns dos sintomas são um corrimento vaginal pastoso e branco, irritação, dor, vermelhidãoe coceira na área”, afirma o especialista.

Para o diagnóstico, o quadro deve ser confirmado com exames microbiológicos como oexame a fresco, o Gram e até mesmo o exame de Papanicolau, além de cultura e exames debiologia molecular (que são mais sensíveis e específicos).

Após confirmada, o tratamento usual é por via oral, particularmente em casos de pacientes com candidíase recorrente. Ainda pode ser combatida com o uso de cremes antifúngicos locais.

A despeito de a candidíase possuir cura, todo paciente deve tomar certos cuidados em sua rotina após diagnosticado. Esquivar-se do consumo de bebidas alcoólicas, não fumar, manter uma boa hidratação e evitar relações sexuais durante os primeiros dias de tratamento sãoessenciais para garantir boa recuperação, além de seguir uma dieta e fugir dos alimentos quepossam desencadear os sintomas, como carboidratos simples e carnes processadas.

A maioria dos casos de candidíase, principalmente os ocorridos na região vaginal, é evitadacom cuidados simples do dia a dia. Por isso, é  importante manter uma higienização constante das partes íntimas, tanto nas mulheres quanto nos homens, assim como optar pelo uso de roupas com tecidos de algodão e evitar as mais justas. 

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.