Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 23-05-2019 às 15:02

Como anda a saúde do seu pet?

A médica veterinária Larissa Lima, da Royal Canin, compartilhou algumas dicas para garantir que a saúde do seu gato ou cão esteja sempre em dia!

Divirtam-se! | Creditos: Divulgação

Costumamos relembrar daquela consulta que cancelamos na última hora, ou dos exames atrasados e corremos pra colocar a saúde em dia. Mas além dos cuidados pessoais e com a nossa família, esta data pode ser um ótimo lembrete para nos atentarmos aos cuidados necessários com os nossos melhores amigos: os pets! Por isso, a Médica Veterinária Larissa Lima, da Royal Canin, compartilhou algumas dicas para garantir que a saúde do seu gato ou cão esteja sempre em dia:

 

Atividade física: Estudos mostram que aproximadamente 59% dos cães e 52% dos gatos estão acima do peso no mundo. Uma das principais causas da obesidade pet está diretamente relacionada a falta de exercícios físicos. O excesso de peso nos pets representa um grande fator de risco para outras doenças, principalmente as metabólicas. A prática adequada de atividades físicas diárias ao ar livre contribui para o bem-estar do animal e do tutor. Que tal fazer aquela volta no quarteirão virar rotina? Converse com seu médico-veterinário sobre as possíveis atividades físicas para seu pet.

 

Alimentação balanceada: Oferecer uma alimentação nutritiva e de alta qualidade contribuirá para a saúde e o bem-estar do seu pet. Mas tão importante quanto é oferecê-la na quantidade certa.  Uma pesquisa realizada apontou que 87% dos tutores de animais de estimação oferecem a quantidade de alimento que eles acham que o animal precisa em cada refeição, além disso, mais da metade dos tutores cedem ao aos apelos dos pets, oferecendo mais alimento quando eles “pedem”.  Quer fazer certo? Confira a recomendação das porções exibida nas embalagens dos alimentos para pets e siga a orientação do seu Médico Veterinário.

 

Visita periódica ao veterinário: não é porque a saúde do seu melhor amigo aparenta estar bem que você deve deixar de consultar um Médico Veterinário. As consultas de rotina são recomendadas duas vezes ao ano.  Isso porque muitos problemas de saúde só se manifestam quando estão em estágio mais avançado, como a doença renal crônica por exemplo. Por isso, prevenir uma doença pode ser a melhor opção para manter seu gato ou cão sempre saudável.

 

Carteira de vacinação em dia: mantenha sempre a carteira de vacinação de seu pet em dia.  As vacinas auxiliam na proteção contra doenças graves e ainda colaboram para a saúde e bem-estar dos pets em todas as fases de vida.

 

Cuidados com pele e pelos: Problemas dermatológicos estão entre os principais motivos que levam o pet para uma consulta com o médico-veterinário. Gatos e cães estão sujeitos a sensibilidades e doenças de pele, que podem ter como motivo desde mudanças ambientais, excesso de banhos até alergias alimentares. Por isso, fique atento e consulte seu Médico Veterinário. caso observe falhas na pelagem, coceira e vermelhidão na pele, por exemplo.

 

Dentes limpos:  Cuidar da higiene oral do pet também é cuidar da saúde. Algumas doenças na boca podem ser fonte de inflamação e infecção no organismo todo, além de causarem dor e desconforto ao gato ou cão. 4 em cada 5 cães com mais de 3 anos de idade apresentam problemas nas gengivas, mesmo assim a maioria dos tutores acredita que os dentes e gengivas de seu animal estão saudáveis, quando na verdade precisam de atenção. Vale lembrar que a higienização pode ser feita com uma escova comum de cerdas macias, porém as versões veterinárias têm a vantagem da ergonomia. Jamais devem ser usados cremes dentais de humanos; os pets têm pastas de dente específicas para eles.

 

Brincadeiras que fazem bem: o bem-estar dos pets e o estilo de vida saudável e alegre deles depende muito de você. Dedique um momento do seu dia para brincar, interagir e curtir seu melhor amigo. Já é comprovado: isso contribui para a saúde dele a sua também. Divirtam-se! 

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.