Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 20-07-2019 às 10:14

Chocolate não é o único alimento que pode fazer mal

O ideal é buscar sempre oferecer alimentos próprios e isso inclui petiscos, respeitando a espécie, porte, idade e condição de saúde dos pets

Cuide do seu amigo! | Creditos: PixaBay

Com a aproximação de uma das datas mais saborosas para os seres humanos, a Páscoa, a procura por ovos, barras, bombons e doces elaborados com chocolate aumenta significativamente no período. E o que é considerado uma paixão universal para maioria das pessoas, pode ser fatal para cães e gatos.

Podemos dizer que o chocolate é um “veneno” para os pets? Sim. Já que ele possui uma substância que é tóxica para cães e gatos chamada teobromina. Quanto maior for o teor do cacau no chocolate, maior será o nível de teobromina e, com isso, o risco de intoxicação do animal aumenta.

E em casos de ingestão acidental de chocolate por cão ou gato, o ideal é levar o animal imediatamente ao médico veterinário de confiança. Não é recomendado provocar o vômito, uma vez que a manobra exige cuidados que se não forem devidamente tomados, podem causar problemas de saúde como a pneumonia aspirativa, na qual o conteúdo do vômito vai para os pulmões ao invés de serem eliminados pela boca.

Encontramos muitos casos onde o tutor do animal não sabe ao certo se ele ingeriu ou não o chocolate. Para isso, é preciso ficar atento ao comportamento do cão ou gato, que pode ficar mais amuado e apresentar os sintomas clássicos de intoxicação como vômito e diarreia.

É de extrema importância ressaltar que não só o chocolate pode fazer mal, sendo que os doces em geral não são recomendados por não fazerem parte da dieta natural de cães e gatos. Além deles, existem vários alimentos que podem causar danos aos pets e que são comuns ao consumo humano como cebola, alho, café, refrigerantes de cola, abacate, uva, leite, ovo cru e alguns tipos de feijões.

O ideal é buscar sempre oferecer alimentos próprios e isso inclui petiscos, respeitando a espécie, porte, idade e condição de saúde dos pets. Cuide do seu amigo!

 

* René Rodrigues Júnior é médico veterinário da Magnus, fabricante de alimentos para cães e gatos.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.