Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 24-07-2019 às 00:15

Turma da Mônica ganha personagem com doença rara

Em parceria com Sarepta, a Mauricio de Sousa Produções apresenta o Edu, um garoto com Distrofia Muscular de Duchenne que encontra a Turma da Mônica em seu primeiro dia de aula

Edu é o novo personagem da Turma da Mônica. | Creditos: Divulgação

Um novo personagem com doença rara infantil ganha sua primeira história nos quadrinhos e encontra com colegas da Turma da Mônica no primeiro dia de aula. O lançamento da revista será realizado nesta terça-feira (26), às 13h, no Congresso Paulista de Pediatria. O projeto editorial Cada passo importa é uma parceria da Sarepta Farmacêutica, líder em medicamentos genéticos para doenças neuromusculares raras, e a Mauricio de Sousa Produções (MSP).

Edu, um garoto de 9 anos de idade é portador de Distrofia Muscular de Duchenne (DMD), uma doença hereditária e degenerativa, caracterizada pela deterioração muscular progressiva que acomete meninos, um a cada 5 mil em todo o mundo e tem evolução rápida. Nesta primeira história é possível perceber que o personagem é um menino alegre, amoroso, sensível, brincalhão e seu grande companheiro é o Sapeca, um cãozinho que também ganha vida nos quadrinhos. A mãe e a professorado Edu recebem um papel importante na revistinha e trazem uma abordagem didática e educacional sobre o tema na linguagem das crianças.

O objetivo com a chegada do novo personagem é falar sobre inclusão e, principalmente, chamar a atenção das pessoas para aimportância do diagnóstico precoce do DMD. O diretor-geral da Sarepta, Fábio Ivankovich, foi quem levou a ideia até a MSP, coma intenção de fazer o tema chegar ao conhecimento de outras crianças, famílias, professores e profissionais de saúde.

Segundo ele, quanto mais se fala sobre Distrofia Muscular de Duchenne, maiores são as chances dos pais ficarem atentos aos principais sintomas da doença e saber como agir. “É cada vez mais importante se falar sobre doenças raras no Brasil, para que estes pacientes se sintam incluídos. O projeto Cada Passo Importa busca educar a todos sobre DMD. Queremos reforçar aimportância de a doença ser detectada o mais rápido possível, que pode ser facilitada com a solicitação de um exame de sangue chamado CK, permitindo que o tratamento seja iniciado rapidamente para que as crianças tenham uma qualidade de vidamelhor”. 

Para Mauricio de Sousa, este é um personagem que veio inspirar e dar voz a uma questão que pode impactar a vida de famílias de todo o mundo. Novas histórias serão lançadas ao longo do ano. “Nesta primeira história mostramos como o Edu pode brincar e viver as aventuras com os amigos, apesar de algumas limitações da doença. A Turma da Mônica tem um papel fundamental nahistória, preocupada em entender melhor a situação do colega, ela quer envolvê-lo nas atividades para ajudá-lo a superar as possíveis dificuldades do dia a dia”.

 

Sobre a Sarepta

A Sarepta Therapeutics está agindo com urgência para desenvolver medicamentos genéticos de precisão para pessoas cujas vidas estão em risco por causa das doenças raras. A empresa está comprometida com essa missão, no sentido mais amplo e profundo da palavra. Com 25 medicamentos em pesquisa clínica, representando três modalidades terapêuticas diferentes, inclusive terapias dirigidas ao RNA, terapia gênica e edição de genes. A companhia está avançando em um dos pipelines mais robustos do mercado.

Tem como objetivo desenvolver medicamentos genéticos de precisão capazes de tratar e mudar a vida de 100% das pessoas elegíveis com distrofia muscular de Duchenne (DMD) e aplicar abordagens terapêuticas a outras doenças raras fatais, nas quais possa oferecer o máximo benefício.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.