Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 24-07-2019 às 00:52

Startup cria dia para colaboradores levarem pets ao escritório

Presença de mascotes nas empresas diminui estresse e aumenta comprometimento

Cientificamente, a presença de um animal no ambiente ativa a liberação de endorfina, substância responsável pela sensação de bem-estar. Não é à toa que os cachorros também são usados em visitas a hospitais e asilos. | Creditos: Divulgação

Já foi provado: cachorros no ambiente de trabalho trazem benefícios à saúde, como redução de estresse, e até aumentam o rendimento dos profissionais, de acordo com o estudo realizado pela Virginia Commonwealth University, nos Estados Unidos. Pensando nisso, a startup paranaense VHSYS criou um dia especial a cada quinzena para que um colaborador leve seu amigo de quatro patas para a empresa. Nesse dia, chamado de Dog Ranger Day, o cachorro passeia pelos dois andares da startup, fazendo a alegria dos colaboradores.

Nesta semana, quem dará o ar da graça será a Panda, cachorrinha abandonada na porta da empresa, que foi resgatada pelo diretor financeiro da VHSYS, Edilson Graeff. As próximas visitas dos cãezinhos serão nos dias 3 e 17 de abril.

Além de fortalecer a cultura de amor aos pets, a empresa quer tornar o clima entre os colaboradores ainda mais saudável. "Os funcionários ficam verdadeiramente mais felizes, relaxados e produtivos com a presença do animal. Nós também sentimos uma melhora no relacionamento interpessoal e maior motivação e comprometimento com a empresa. São só benefícios", diz Lucélia de Souza, Coordenadora de RH.

Cientificamente, a presença de um animal no ambiente ativa a liberação de endorfina, substância responsável pela sensação de bem-estar. Não é à toa que os cachorros também são usados em visitas a hospitais e asilos.

Para levar seu cão, o funcionário precisa preencher um formulário e esperar ser chamado. Vale lembrar que os cachorros devem estar com a saúde em dia, vacinados e vermifugados. Os donos também precisam ficar atentos à personalidade do animal. Caso eles não gostem de mudanças de ambiente ou não curtam muitas pessoas ao redor, é aconselhável que fiquem em casa, onde se sentem seguros.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.