Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 22-07-2019 às 12:09

Modalidade une circo e dança nas alturas

Modalidade tonifica a musculatura e queima até 500 calorias

Conheça a atividade que trabalha corpo e mente de forma lúdica e divertida. | Creditos: Divulgação

Que tal apostar numa atividade física que combine acrobacias aéreas do circo com passos de dança? Essaé a proposta do Ballet Fly, método desenvolvido pela especialista Letícia Marchetto, que combina as duas técnicas de forma lúdica e divertida.

O Ballet Fly é uma ótima opção para quem quer cuidar do corpo e da mente de um jeito diferente, pois melhora o bem-estar, a resistência física e o tônus muscular, aumenta a massa magra e promovebenefícios que vão para além da sala de aula.

A modalidade ainda proporciona o aumento da consciência corporal e da coordenação motora; melhora da postura, por conter exercícios de alinhamento; trabalha o alongamento; queima entre 300 e 500 calorias eajuda na redução de medidas; proporciona condicionamento cardiovascular; libera endorfina, promovendo a sensação de bem estar durante e após a aula; desenvolve a criatividade, diminui a ansiedade, tensões eo stress; e melhora do sistema Vestibular: giros, saltos e instabilidade, deixam seu organismo mais rápido na adaptação.

Além do trabalho aeróbico, também é possível substituir a musculação pelo Ballet Fly, se o objetivo não for a hipertrofia. Apesar de aumentar o tônus muscular e definir a musculatura de braços e pernas, não ocorreo aumento de volume dos braços, que é uma grande preocupação dos praticantes. A preocupação com as linhas do movimento faz com que o praticante estimule, além da contração concêntrica, também a contração excêntrica. Em outras palavras, no Ballet Fly não se trabalha com o encurtamento dos músculose eles fazem muita força mesmo quando estão alongados. Essa elasticidade, combinada ao alinhamento da técnica, reduz riscos de lesões.

Por haver essa junção das modalidades, o Ballet Fly é considerado uma atividade completa. Na dança, seusa a força das pernas e dos pés para movimentos ágeis e precisos, assim como nas acrobacias aéreas que é preciso usar os braços, abdômen e costas. E não para por aí! Em ambos, a expressão corporal, o alinhamento, a coordenação motora, a consciência e controle do movimento são desenvolvidos pelos praticantes.

Outra vantagem da modalidade é que não precisa ter feito circo ou algum tipo de dança para praticar o Ballet Fly. “Nele, o aluno aprende os movimentos etapa por etapa e por isso pessoas que nuncadançaram e mesmo quem não pratica atividades físicas pode fazer e evoluir com segurança”, orienta.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.