Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 24-07-2019 às 00:33

Check-up é receita de vida longa para os pets

Avaliação feita durante consulta de rotina ajuda a prevenir ou detectar doenças antes que elas se agravem

A periodicidade é estipulada de acordo com a idade do pet. | Creditos: PixaBay

Cuidados e prevenção estão associados à longevidade também dos pets. Alimentação balanceada, atividades físicas, dormir bem e a prevenção de doenças, com vacinação e visitas regulares ao veterinário, fazem parte da receita de qualidade de vida de cães e gatos. “O check-up é uma maneira de manter a saúde do pet em dia”, alerta a veterinária Larissa Seibt, do Centro Veterinário Seres, da rede Petz.

Ela explica que é um ‘exame de bem-estar’, em que é possível identificar alterações no organismo do pet, que podem ser corrigidas precocemente, evitando o seu agravamento. Além disso, o bate-papo com o profissional orienta o tutor na conduta e manejo, favorecendo a saúde global dos bichinhos de estimação.


Quais doenças ajuda a prevenir

“Em sua grande maioria, as doenças possuem uma fase silenciosa – sem apresentar sintomas. Mas diagnosticadas e tratadas em fase inicial, há mais chances de sucesso e menos riscos de agravamento, além de, em alguns casos, reduzir o tempo de tratamento - de acordo com a enfermidade”, afirma a Dra. Larissa. Alterações renais, cardiovasculares, pulmonares, osteoarticulares, hormonais, entre outras, podem ser detectadas nessas consultas.


Por que é importante?

Quando o pet vai ao veterinário para check-up, ele é avaliado a partir de um exame físico, em que pode ser constatada, por exemplo, alguma anormalidade no coração. São pedidos os exames para o diagnóstico preciso e orientação de tratamento, caso necessário. “Essa intervenção evita a progressão negativa do quadro e melhora a qualidade de vida dos bichinhos. Caso não reconhecida a alteração em tempo hábil, a progressão negativa pode ser acelerada e reduzir a expectativa de vida do pet, bem como afetar seu bem-estar”, avalia a veterinária.

De modo geral, o check-up permite a identificação de anormalidades ou problemas que podem ser tratados para evitar agravamento e comprometimento da saúde do pet.


Como é feito

Durante o check-up é realizada uma conversa com o tutor, para entender a rotina do pet e seu comportamento e, em seguida, exame físico do animal, onde são avaliados peso corporal (caquexia/subnutrição/desnutrição/obesidade), saúde bucal, hidratação, temperatura, pressão arterial, avaliação cardíaca, pulmonar, avaliação de pele e pelos, palpação abdominal para identificar desconforto ou alterações.

 

Exames

Dependendo do caso, é indicada a realização de exames de sangue, testes hormonais, exames de imagem (radiografias e ultrassom), exames cardiológicos. Com o hemograma, é possível ver se o animal não apresenta nenhuma infecção. Já os testes de função renal e hepática servem para avaliar o trabalho dos rins e do fígado. E o eletrocardiograma permite um check-up cardiológico.

 

De quando em quando deve ser feito

A periodicidade é estipulada de acordo com a idade do pet. Cães e gatos de até sete anos de idade devem ir ao veterinário, pelo menos, uma vez ao ano, visto que este intervalo também é o utilizado para protocolo de vacinação. Quando acima dos sete anos de idade, aumenta a periodicidade dos check-ups, sendo adequado levá-lo ao veterinário por, pelo menos, duas vezes ao ano (a cada seis meses).

Ainda, se constatadas alterações nos check-ups, pode ser necessário que o pet compareça à consulta veterinária com uma maior periodicidade, de acordo com as instruções do veterinário responsável pelo pet.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.