Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 16-07-2019 às 06:57

Cabines coloridas dão vida à escola para filhos de refugiados

Um recanto para leitura em forma de casinha e pintura super colorida estão entre as características lúdicas da Hayarden em Israel

Recanto para leitura em forma de casinha e pintura, em Israel. | Creditos: Itay Benit/CASACOR)

Um recanto para leitura em forma de casinha e pintura super colorida estão entre as características lúdicas desta escola para os filhos de refugiados, que vivem em Tel Aviv, projeto de uma equipe de arquitetos e designers locais.

A escola Hayarden foi desenvolvida para crianças de 5 a 16 anos de idade, que vivem predominantemente no Bairro Hatikva de Tel Aviv – uma região de classe trabalhadora, que recebeu uma onda de africanos em busca de asilo. O designer local Sarit Shani Hay e os arquitetos Chen Steinberg Navon e Ayelet Fisher reformularam a escola de dois andares como parte de um projeto para a comunidade, usando um orçamento limitado e patrocínio da organização sem fins lucrativos Zionut 2000.

A equipe pretendia que Hayarden se tornasse um lar e um espaço seguro para as crianças e que as encorajasse a aprender. O projeto se concentrou no térreo do edifício – que foi originalmente construído na década de 1960, mas que havia sido negligenciado por anos, devido aos recursos limitados. Os profissionais escolheram maneiras simples e baratos de adicionar elementos divertidos nos espaços comuns, lobby e corredores. Um jardim ecológico e parque infantil também foram projetados por Lavi Kushelevich.

Uma série de volumes geométricos de carvalho, que abrigam mesas, armários e bancos estofados, foi inserida em um dos corredores. Estas estruturas criam recantos acolhedores para os alunos sentarem, estudarem, lerem e jogarem em grupos ou em particular. As estruturas possuem formato de casinhas com telhados de diversos desenhos.

Outros detalhes da escola incluem enormes faixas de tons de amarelo, rosa e azul, que iluminam as paredes de concreto existentes. Uma escadaria fuschia aparece em contraste a uma parede azul-turquesa, com uma pequena área de estar com piso laranja. Outra área tem paredes de blocos de concreto pintadas de amarelo com painel de cortiça, uma mesa vermelha e uma banqueta azul brilhante. A equipe pretende reformar as salas de aula do primeiro andar como próximo passo, devido ao sucesso do projeto.

Tel Aviv é o lar de 60.000 refugiados homens, mulheres e crianças. Os estrangeiros totalizam cerca de 10% da população da cidade, com a maioria sendo do Sudão e da Eritreia. A escola de Hayarden é frequentada atualmente por 360 alunos do jardim de infância ao sexto ano. Sua localização é próxima à decadente estação rodoviária central da cidade, que se tornou um ponto de atividade comercial para os migrantes e um paraíso para os viciados em drogas.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.