Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 19-05-2019 às 03:15

Constança de Figueiredo Palma, Dona Bem Bem

A Mostra Cultural: 300 Mulheres - Letras, História e Equidade, projeto da Academia Mato-grossense de Letras, coordenado pela juíza Amini Haddad, membro da cadeira 39 da AML, traz a história de Constança de Figueiredo Palma, Dona Bem Bem

Constança é descrita como uma mulher formidável, generosa e que atendia todos que precisavam de seus auxílios primando pelo bem-estar | Creditos: Divulgação/arquivo Projeto 300 Mulheres

Nascida em Cuiabá no ano de 1919, faleceu em 1990, aos 71 anos. Foi mãe do ex-prefeito de Cuiabá Rodrigues Palma. Ficou bastante conhecida nas festas de São Benedito pelo apelido de ‘Dona Bembem’.

Em razão da sua personalidade e espírito de acolhimento, a ‘Casa de Bem Bem’ ficou distinguida como um lugar alegre e receptivo nas décadas de 60 e 70. O tradicional casarão sediou também as festas de São Benedito, no centro da Capital.

Nos informativos, Constança é descrita como uma mulher formidável, generosa e que atendia todos que precisavam de seus auxílios primando pelo bem-estar. Os relatos são unânimes ao retratarem sua figura simples ao lidar com as pessoas.

Nos dias de festividades, em sua casa, todos eram servidos com carinho e generosidade. A “Casa de Bembem” faz parte da memória cuiabana, pois os festeiros de São Benedito realizavam as festas isoladas em suas residências, de forma individual em cada uma delas, primando pela fartura.

Contudo, a partir de 1974 resolveram escolher a mais típica casa cuiabana, a casa de Dona Bembem para realização anual dos festejos, o que permaneceu até 1981.

Essas festas tinham durações longas e reuniam pessoas de todos os bairros da capital. Assim, seu pioneirismo na história mato-grossense está no fato de ser considera uma das maiores incentivadoras da comemoração de São Benedito.

A Casa foi tombada pela Portaria Estadual nº 10/98 D.O. 08/06/98 e Portaria Federal nº10/92 D.O.U. 06/11/92 como Patrimônio Histórico.

Em 1991, a Lei nº 2.897, de 22 de outubro de 1991, dá a denominação de Praça Dona BemBem à praça Conde de Azambuza, no antigo Largo da Mandioca, em homenagem à memória da ilustre cuiabana. De igual forma, o seu nome também foi inserido na nomenclatura da Escola Municipal localizada no Bairro Fortaleza (EMEB Constança Figueiredo Palma Bem Bem).

SOBRE O PROJETO

A mostra,   "300 Mulheres: Letras, História e Equidade",   que será realizada no dia 14/03, a partir das 18h, na Casa Barão de Melgaço- Cuiabá/MT, é uma  iniciativa da Academia Matogrossense de Letras.O  pioneiro projeto, foi desenvolvido por Dra. Amini Haddad, Membro da AML (cadeira 39), Juíza de Direito e Professora da UFMT, Dimensiona   amostras DE VÁRIAS CRIAÇÕES DE MULHERES: A arte, shows com grandes vozes femininas, apresentações culturais, amostras de pesquisas científicas da atualidade, inclusive lançamento de livros, na  produção  de nossas valorosas mulheres, farão parte do evento.

Ao mesmo tempo, o projeto dá visibilidade pública às mulheres que auxiliaram no desenvolvimento da nossa capital, nesses 300 anos de existência. São mulheres que atuaram nas mais diversas áreas e foram referências/inspiração, por seus exemplos de vida, em benefício da comunidade. Muitas delas alçaram voos altíssimos em representação nacional e internacional. "Um momento ímpar, para um rico diálogo público, entre o passado e o presente, na expressão de vida das mulheres".

Poderão ser apreciadas no evento  as mais diversas produções decorrentes da criatividade feminina (música, estilos, produções em livros, revistas, artesanatos e várias surpresas especialmente catalogadas para essa data especial (no mês comemorativo do Dia Internacional da mulher e nos trabalhos concernentes às vésperas dos 300 anos de Cuiabá-MT.

PARCERIA

Prefeitura Municipal de Cuiabá

APOIOS
1.Governo do Estado 
2.Tribunal de Justiça 
3. Fundação Escola Superior do Ministério Público,MP-MT
4. BPW Cuiabá-MT 
5. Portal Rosa Choque 
6. La Marc interiores
7. UNEMAT
8. UFMT

9. Núcleo de Estudos Científicos sobre as Vulnerabilidades - Faculdade de Direito da UFMT

Fonte:

GOMES, Willian. Dicionário cuiabanês. Sem editora. 2000. 319 p.

MORAIS, O. Nova edição do Dicionário Cuiabanês. Ed. nº 12614. 16/01/2010/2010.

MARCHETTI, Wanda; MAEKETTI, Luiz. Lembrar-se de Dona BemBEm é bem fácil. Disponível em: <http://circuitomt.com.br/flip/383/files/assets/downloads/page0008.pdf>.

FILHO, Afranio Motta. FESTA DE SÃO BENEDITO: FÉ, RELIGIOSIDADE E TRADIÇÃO DO POVO CUIABANO. Acesso em 29 de Disponível em: <http://www.ufmt.br/ufmt/site/userfiles/editais/df145037a9b7527cd8795cc969ecdcc>

REGISTRO OFICIAL. Escolas Municipais. Acesso em 29 de janeiro de 2019. Disponível em: https://www.escol.as/258572-emeb-constanca-figueiredo-palma-bem-bem.

Foto e informes quanto à data nascimento e falecimento provenientes do acervo pessoal de de Francisco Chagas Rocha.

 

 

 

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.