Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 25-06-2019 às 17:58

Projeto sobre tranças e negritude ganha prêmio no Fórum Moda

O projeto teve como norte a crítica ao padrão de beleza europeu, mesmo em um país como o Brasil, que é miscigenado

A ideia também foi registrar a tradição a fim de mantê-la viva.   | Creditos: Isabella Jangoux

Isabela Jangoux, aluna do quarto ano do curso de Moda da Faculdade Santa Marcelina, pioneira nos estudos acadêmicos da área, foi premiada com o ensaio fotográfico sobre a resistência de mulheres negras por meio das tranças nos cabelos. O resultado do trabalho foi apresentado durante o Fórum Moda 2018.  

O projeto teve como norte a crítica ao padrão de beleza europeu, mesmo em um país como o Brasil, que é miscigenado. Nesse cenário, o cabelo se torna símbolo de resistência, luta e tradição, representados pelas tranças. O ato de trançar é ensinado na infância para toda menina negra e a arte é passada de geração a geração. Além de que possibilita a diversidade de penteados, que escolhidos a dedo por Isabela Jangoux, fazem referência às tribos africanas. 

A intensão da aluna foi trazer o protagonismo para as mulheres negras por meio da fotografia, para queelas se vejam como parte da história de maneira positiva e também como personagem principal. Além disso, a ideia foi registrar a tradição a fim de mantê-la viva.  

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.