Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 16-06-2019 às 04:59

Universitário desenvolve estampas inspirada no sertão

Intitulado “Borborema”, o projeto explora a riqueza natural do semiárido da cidade de Maturéia, no estado da Paraíba, que é a terra natal do aluno

| Creditos: Divulgação

A coleção de estampas, desenvolvida pelo aluno Magnuns Cena, conquistou o primeiro lugar na categoria Estamparia, durante o tradicional Fórum Moda 2018, realizadopela Faculdade Santa Marcelina, que é reconhecida pelo pioneirismo no estudo acadêmico de Moda.  

Intitulado “Borborema”, o projeto explora a riqueza natural do semiárido da cidade de Maturéia, no estado da Paraíba, que é a terra natal do aluno. As ilustrações trazem a diversidade de materiais no trabalho desenvolvido, como palha, argila, plástico, couro, sementes e raízes. O estudante conta que se inspirou em grandes artistas da arte expressionista, como Munch e Portinari, por influenciarem o primitivismo das formas e o contraste das cores. 

A intenção foi trazer no trabalho o valor dos aspectos naturais e culturais típicos do Brasil, por meio de uma linguagem mais investigativa e menos convencional. “Sempre me interessei em buscar técnicas e materiais para obter algo novo e reconheci esse traço como diferencial no meu projeto”, diz Cena. 

Para demonstrar sua coleção, o aluno escolheu roupas, acessórios e objetos inusitados. De acordo com o aluno, morar no meio rural do Nordeste e depois em uma grande metrópole, como São Paulo, contribuiu para o seu desempenho. 

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.