Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 21-07-2019 às 12:56

Dicas para consumir moda de um jeito sustentável

Com algumas mudanças de hábitos, é possível consumir moda de maneira consciente e sustentável

As jornalistas e produtoras de conteúdo do Desavesso, canal sobre moda sustentável, Maria Fernanda Teixeira e Nicoly França, incentivam um consumo mais consciente | Creditos: Divulgação

Reduzir o impacto ambiental provocado pelos seus hábitos de consumo é uma das suas metas para 2019? Pensar em novas soluções é cada vez mais necessário, inclusive na moda, pois a poluição da indústria têxtil atinge a atmosfera, o solo e a água. Os desafios para aumentar a sustentabilidade deste setor são grandes e os hábitos dos consumidores podem ser decisivos para que empresas repensem a produção.

As jornalistas e produtoras de conteúdo do Desavesso, canal sobre moda sustentável, Maria Fernanda Teixeira e Nicoly França, incentivam um consumo mais consciente com relação à moda e explicam que o primeiro passo é repensar e refletir sobre o consumo. Depois disso, é preciso sair da zona de conforto e enxergar as alternativas mais sustentáveis.

Uma das formas de reduzir os impactos negativos é comprar de segunda mão, em brechós e bazares, pois assim as peças ganham novo significado e não são descartadas. Outra alternativa é consumir de marcas sustentáveis, que possuem uma produção justa para os trabalhadores envolvidos e também sem gerar prejuízos ao meio ambiente, com escolha de matéria-prima sustentável e com destino correto de resíduos. Para isso é necessário buscar informações sobre a produção das roupas, olhar as etiquetas das peças e prestar atenção em selos como “Eu reciclo”, que otimiza o descarte das a embalagens das marcas promovendo reciclagem dos materiais, e ainda o selo Internacional “Cradle to Cradle”, que monitora o grau de responsabilidadee sustentabilidade em marcas ao redor do mundo.

“O consumo de moda costuma ser muito passivo. Recebemos uma enxurrada de gatilhos por peças de publicidade e adquirimos muitas roupas. É hora de consumir com mais propósito, um pouco de pesquisa e busca de informação sobre os produtos e marcas que consumimos antes de comprar não faz mal pra ninguém e ainda ajuda a diminuir impactos negativos da indústria da moda”, declara Maria Fernanda.

Mais uma maneira de colaborar com uma moda do bem é comprar de pequenos produtores e marcas independentes. “Comprar de pequenos produtores faz com que você fortaleça a economia da sua cidade e da sua região e ajuda pequenos empresários a conquistarem seu espaço no mercado. E para encontrar esses produtores um dos locais que eles sempre estão presentes são feiras locais, vale a pena visitar”, afirma Nicoly.

Aproveitar melhor as peças do guarda-roupa, trocar e emprestar peças de amigos e parentes também são alternativas sustentáveis para o consumo de roupas. Além dessas dicas, as youtubers oferecem  muitas outras soluções sustentáveis no canal YouTube.com/Desavesso.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.