Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 22-07-2019 às 23:15

Agora é o momento de trocar de emprego?

Especialista da Randstad aponta que mudar apenas por mudar pode ser armadilha para a carreira e dá dicas para fazer a transição com segurança

Durante o processo de seleção, o mais importante é não falar mal da atual empresa, pois pode ser referência negativa sobre você para o entrevistador.  | Creditos: PixaBay

Com o início do ano, muitas pessoas fizeram resoluções para 2019: juntar dinheiro para comprar o tão desejado carro, viajar para um lugar exótico, fazer novas amizades e até mudar de emprego. Mas algumas dessas metas não são fáceis, e trocar de emprego é uma delas! “As expectativas do mercado são positivas e o momento de euforia pode levar a decisões por impulso. É importante ter calma para não trocar de emprego simplesmente por trocar", explica Ricardo Fazanaro, gerente de carreiras da Randstad. 

Antes  de fazer um movimento profissional, é necessário estabelecer um plano decarreira, considerando curto, médio e longo prazo. “O  profissional precisa ter seus objetivos em mente, sabendo onde está e onde quer chegar. Desta forma, será muito mais simples avaliar seuma oportunidade irá ajudar a alcançar suas metas”, explica o especialista.

Depois de definir as metas profissionais, a primeira coisa que deve ser feita é  conversar com oseu gestor direto, para alinhar expectativas e objetivos dos dois lados. Muitas vezes ficamos preocupados em falar com o RH, mas é o gestor quem define o seu futuro na empresa. Sevocês estiverem muito  desalinhados, procure entender quais são as possibilidades de melhoria e os caminhos para isso.

Antes de procurar novas oportunidades é importante avaliar as possibilidades que sua empresa pode oferecer: “Como alternativa à troca de emprego, você pode pleitear uma promoção, mudar de departamento ou liderar um projeto  fora da sua área”, explica Fazanaro, lembrando quenegociação é a palavra-chave para o sucesso. 

Porém, se você realmente não enxerga mais possibilidades de desenvolvimento em sua atual empresa possivelmente é o momento de começar a procurar um emprego. Mas o especialista alerta: não dispare currículos indefinidamente. "Procure com cautela para encontrar boas propostas e entender quais não estão alinhadas com seus objetivos. As melhores oportunidades surgem quando o profissional não está desesperado, pois ele tem clareza para avaliar as possibilidades”, explica. 

Como última dica, Fazanaro diz que durante o processo de seleção, o mais importante é não falar mal da atual empresa, pois pode ser referência negativa sobre você para o entrevistador. 

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.