Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 19-02-2019 às 11:33

Cubos e tom vermelho recriam obra em loja

A repaginação do espaço da Uniflex de 500 m² é assinada pelo Estúdio Tupi, do arquiteto Aldo Urbinati

A inspiração para os cubos veio da arte americana minimalista dos anos 1960 de artistas como Sol Lewitt, Donald Judd, Robert Smithson, Gordon Matta Clark, mais uma técnica para não interferir diretamente no projeto. | Creditos: Divulgação: CasaCor

A Uniflex inaugura em fevereiro sua nova loja na Avenida Cidade Jardim, com repaginação assinada pelo Estúdio Tupi. O arquiteto Aldo Urbinati, líder do escritório, desenvolveu um projeto para o espaço icônico de 500 m², criado por Paulo Mendes da Rocha, em 1987.

Inspirado na Bauhaus, o arquiteto escolheu as cores primárias – amarelo, vermelho e azul –  como protagonistas. O vermelho já era uma cor predominante da instalação anterior. Neste projeto, o tom foi aplicado de maneira conceitual, criando uma nova atmosfera para receber uma marca atual, conectada e que está em pleno movimento.

Aldo também criou ambientes em formato de cubos na parte externa da loja para exposição de produtos e manteve as imperfeições nos acabamentos da serralharia; aquários de vidros, que servirão como salas de reunião; cadeiras nichadas e devidamente acopladas umas às outras com medidas exatas no interior e grandes janelões, que exibirão persianas em movimento, todos emoldurados em vermelho, apontando o que era original e o que é contemporâneo dentro do projeto modernista.

A inspiração para os cubos veio da arte americana minimalista dos anos 1960 de artistas como Sol Lewitt, Donald Judd, Robert Smithson, Gordon Matta Clark, mais uma técnica para não interferir diretamente no projeto. Classificando a obra de Paulo Mendes como um `Gesamtkunstwerk´ (obra de arte total, traduzido do alemão), o grande o desafio era esse: criar algo em algo que não precisa de mais nada, por já se tratar de uma obra completa.

A iluminação, assinada por Carlos Fortes, teve como principal intervenção a simulação da luz natural dentro do edifício com um projeto de automação, que permite fazer a variação de diferentes tonalidades e temperaturas de cor, tudo pensado para valorizar os produtos.

A fachada também terá uma nova apresentação e trará o desenho do Templo Malatestiano, que fica em Rimini na Itália, por Leon Battisti Alberti, o primeiro grande teórico de arquitetura da modernidade em meados do século XV. É mais uma referência, pensada por Aldo, à obra que se mantém original, mas que recebe uma releitura contemporânea na qual o arquiteto “encapa” a fronte da igreja com mármore, mas preserva toda sua estrutura original. 

Para Mario Rudge Castilho, que inaugura sua terceira loja da marca, é um momento especial estar dentro de um edifício imponente e importante da cidade, repaginado por conceituados nomes no mercado. “É uma honra e um privilégio estar inserido em uma arquitetura modernista e icônica de São Paulo, sob a assinatura de Paulo Mendes da Rocha e com um projeto de implementação de conceituados profissionais da nossa arquitetura contemporânea, como o Estúdio Tupi e o luminotécnico Carlos Fortes”, comemora o empresário. 

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.