Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 19-10-2019 às 23:27

Uso da madeira: como combiná-la na decoração

O uso da madeira remete ao conforto e ao aconchego, características perfeitas para aquecer um lar e suavizar materiais como concreto, metais e vidros

| Creditos: Divulgação

De fato, a madeira se tornou um sucesso na decoração. É presença marcante nos mais variados tipo de projetos sejam eles comerciais ou residenciais. Ela pode ser usada em fachadas, pisos, paredes, escadas, tetos, móveis entre outros. A madeira, por sua neutralidade e versatilidade com que combina com outros materiais serve de base para os mais diversos estilos de ambientação.

Do clássico ao industrial a madeira conquista os arquitetos, designers e decoradores que cada vez mais investem no uso deste material. Os painéis em MDF também são muito requisitados, por proporcionar um estilo único na decoração. “Um dos grandes diferenciais são a resistência e a durabilidade. Os painéis também proporcionam um estilo atemporal em que cada composição se torna única e personalizada”, afirma Delci Bortolotto gerente de marketing da Sudati.

O uso da madeira remete ao conforto e ao aconchego, características perfeitas para aquecer um lar e suavizar materiais como concreto, metais e vidros. Além disso, assim como as plantas, ela reforça a nossa ligação com a natureza, dando vida e harmonizando e gerando textura nos ambientes, ao ir na contramão de um mundo cada vez tecnológico.

Conheça os projetos com os painéis da Sudati:

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.