Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 21-02-2019 às 01:32

Historiadora leva cultura à web em canal do Youtube

Lilia Schwarcz lança o “Canal da Lili” no YouTube

No último vídeo, Ana Paula Xongani é convidada especial da Lilia Schwarcz para falar sobre moda como uma janela para questões sociais. | Creditos: Divulgação

Os admiradores da antropóloga e historiadora Lilia Schwarcz, que já tem forte presença no Instagram e Facebook, agora têm um motivo a mais para não desgrudarem das redes sociais. Foi lançado recentemente o “Canal da Lili”, um espaço no YouTube para falar sobre história, cultura, política e atualidade.

Com produção e gerenciamento da Uzumaki Comunicação, agência digital e produtora de filmes, o “Canal da Lili” tem conteúdo semanal abordando assuntos diversos com perspectiva histórica a partir do universo de estudo e pesquisa de Lilia. Os vídeos contemplam desde questões contemporâneas até a análise de pinturas e entrevistas que oferecem contexto para análise da nossa sociedade.  

“Compartilhar o conhecimento é fundamental e eu valorizo muito esse tipo de comunicação.  A história é uma forma especial de entender nosso tempo e de refletir sobre ele. Mergulharemos em nossa história cultural, no legado que temos e o que deixaremos”, destaca a antropóloga e historiadora.

Segundo Newman Costa, Diretor de Audiovisual da Uzumaki Comunicação e do “Canal da Lili”, realizar essa produção é muito gratificante, pois democratizar o conhecimento é fundamental para a sociedade e é um dos pilares da produtora. “Criar com a professora Lili é uma experiência única. Traduzir o linguajar acadêmico para o YouTube não é simples, então, as gravações chegam a durar até 2 horas para cada vídeo com cerca de 4 minutos. Depois vem o trabalho de pesquisa de imagens e na edição a gente ainda acrescenta informações em texto. Fazer parte desse projeto que ajuda a difundir o conhecimento com credibilidade é primordial e faz falta no YouTube brasileiro”, finaliza.

 

   

Sobre Lilia  Schwarcz

É antropóloga social, historiadora, professora da Universidade de São Paulo (USP) e Global Scholar em Princeton. É autora de importantes obras, como “O espetáculo das raças”, “As barbas do imperador”, “Brasil: uma biografia” e “Lima Barreto, triste visionário”.

Foi curadora de uma série de exposições, entre as quais estão: “Um olhar sobre o Brasil”, “Histórias mestiças”, “Histórias da Sexualidade” e “Histórias afro-atlânticas”. É curadora adjunta do Museu de Arte de São Paulo (MASP) e colunista no Portal Nexo.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.