Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 12-12-2018 às 21:34

O que esperar da 17ª edição da Miami Art Basel

Um dos eventos mais esperados do ano, ocorrerá entre os dias 6 e 9 de dezembro, no novo Centro de Convenções de Miami Beach

O Centro de Convenções de Miami Beach está sendo redesenhado em um novo complexo, que leva a assinatura do escritório Fentress Architects em parceria com a Arquitectonica. O projeto ganha uma fachada ondulada, inspirada nas curvas das ondas, das arraias e | Creditos: Divulgação/CASACOR

Depois da Milan Design Week, um dos eventos mais esperados – e que fecha o ano com chave de ouro – é a Miami Art Basel. Pessoas de todo o mundo migram para a badalada praia da Flórida, com o intuito de conhecer novos profissionais, inovadoras e ousadas criações e tendências da arte.

Em sua 17ª edição, a Miami Art Basel terá 268 galerias e 29 novos participantes de 35 países das Américas, Europa, África e Oriente Médio, que mostram obras de mais de 4.000 artistas. O evento ocorrerá entre os dias 6 e 9 de dezembro, no novo Centro de Convenções de Miami Beach. A principal seção de galerias apresentará 198 nomes com 12 novos profissionais, mostrando uma mistura de pinturas, esculturas, desenhos, instalações, fotografias, vídeos e obras digitais.

Os brasileiros marcam presença, com 14 renomes do país. Dentre eles, os paulistanos Luisa Strina, Nara Roesler, Casa Triângulo, Forte D’Aloia & Gabriel e Vermelho, Bergamin & Gomide e Dan, Mendes Wood DM e Jaqueline Martins. Há também os cariocas A Gentil Carioca, Silvia Cintra + Box 4 e Anita Schwartz. Para fechar o circuito, de Curitiba estarão a Sim e a Simões de Assis.

Neste ano, o foco será para as artes do Oriente Médio e da África. A galeria Sfeir-Semler, com sede em Hamburgo e Beirute, apresentará obras de mídia mista dos artistas libaneses Etel Adnan, Walid Raad e Rayyane Tabet, do egípcio Wael Shawky e do marroquino Yto Barrada. “Como defendemos a arte do mundo árabe, tentamos criar insights especialmente para um público que talvez não esteja tão familiarizado com as histórias sócio-geográficas e políticas e as situações atuais da região”, diz Sven Christian Schuch, diretor da Sfeir-Semler.

Miami Art Basel surgiu em 2002, sendo uma vertente da Art Basel, fundada em 1979 na cidade suíça de Basel, por um trio de galeristas suíços: Ernst Beyeler, Trudi Bruckner e Balz Hilt. Ao longo dos anos, a cidade tornou-se um importante destino artístico, com uma galeria vibrante, museus de vanguarda e arte de rua de primeira classe.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.