Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 12-12-2018 às 21:03

Leilão de parede é realizado em prol do IAB-SP

Para esta edição, o leilão terá mais de 75 artistas, que disponibilizarão suas obras com até 70% do valor de mercado

| Creditos: Divulgação

A Central Galeria, em parceria com a Escola da Cidade, realiza o leilão de parede em prol do IABsp – Instituto de Arquitetos do Brasil – São Paulo para a realização da XII Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo. O evento começa hoje (21) e ocorre até o dia 25 de novembro. Para esta edição, o leilão terá mais de 75 artistas, que disponibilizarão suas obras com até 70% do valor de mercado.

Obras de grandes nomes da arte contemporânea brasileira, entre eles Lenora de Barros (Milan), Jac Leirner (Fortes d’Aloia), Sérgio Sister (Nara Roesler), Guto Lacaz (Marcelo Guarnieri), Paulo Pasta (Milan) e Ana Elisa Egreja (Leme).

Dois espaços vizinhos na rua General Jardim, na Vila Buarque, abrigam ao mesmo tempo as obras à venda. Parte dos quadros e instalações estará exposta na sede do IAB-SP, um importante edifício da arquitetura moderna em São Paulo. O subsolo do prédio tombado abrigou nas décadas de 1950 e 1960 o “Clubinho”, bar frequentado por artistas e intelectuais como Lygia Fagundes Telles, Flávio de Carvalho, Rubem Braga e Tarsila do Amaral. Hoje, no mesmo subsolo, fica a sede da Central Galeria, que promove o leilão.

Outra parte das obras estará disponível na Escola da Cidade, que recentemente inaugurou em seu térreo a primeira galeria do Brasil dedicada à arquitetura com a mostra “Arquitetura de Exceção: o Pavilhão do Brasil na Expo’70 Osaka”, sobre o projeto de Paulo Mendes da Rocha. A mostra segue até 23 de novembro (sexta).

 

Serviço: 

Leilão de parede 

Abertura: 21/11/2018, das 19h às 22h
Visitação: 22/11 – 25/11/2018, das 11h às 19h

Locais:

IAB-SP – mezanino e 1º andar – Rua Bento Freitas, 306 – Vila Buarque – 01220-000 / São Paulo

Escola da Cidade – térreo e subsolo – Rua General Jardim, 65 – Vila Buarque – 01223-011 / São Paulo

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.