Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 13-12-2018 às 13:16

4 tipos de pisos para criar um cão dentro de casa

Para ter um cachorro dentro de uma casa ou apartamento, é importante investir em um piso que seja adequado para aquele pet

| Creditos: iStock

Os cuidados com um pet vão além da alimentação, banho, tosa, passeios e medicamentos. O ambiente físico onde o cão vive também precisa ser limpo diariamente, e é preciso pensar em cada detalhe - como o tipo de piso. Alguns materiais não são adequados para casas que acomodam cães, por isso, os tutores devem estar atentos e até mesmo trocar o piso caso seja necessário.

Para o especialista em comportamento animal e adestrador Cleber Santos, da ComportPet, é importante preparar o local antes de receber um pet em casa. "A principal prioridade deve ser a segurança do animal. Se você mora em um apartamento, é preciso instalar redes de proteção em todas as janelas e sacadas. A escolha do piso também é fundamental para deixar a vida do animal mais confortável".

"Quando a pessoa resolve ter um cachorro, precisa escolher o revestimento da casa considerando não apenas a estética, como também a  durabilidade do material. Afinal, aquele piso precisará resistir ao xixi, enquanto o pet for filhote e estiver sendo treinado a fazer as necessidades no local correto, às marcas de patinhas e aos riscos de unhas", comenta Cleber.

De forma geral, os melhores tipos de piso, de acordo com o especialista, são os de materiais antiderrapantes, que evitam escorregões dos pets, e os atérmicos, que, mesmo sob sol intenso, não absorvem o calor, mantendo a temperatura amena.

Saiba mais sobre 4 tipos de pisos:

 

Madeira de demolição

As madeiras de demolição criam um aspecto rústico e acolhedor para a casa e criam um ambiente adequado para receber um cachorro. "Esse tipo de piso com certeza vai resistir às peripécias do cãozinho, já que além de ser resistente é antiderrapante. Por isso, é uma boa aposta para quem está planejando ter um pet em casa", recomenda.

 

Vinílico

É resistente e antiderrapante, além de ser fácil de limpar e abafar ruídos, evitando reclamações dos vizinhos por conta de barulho do pet. Além disso, os modelos vinílicos produzidos em resina de vinil (PVC), possuem texturas que previnem os escorregões.

"É um piso fácil de limpar, e que exige pouca manutenção. Apesar de parecer com a madeira, o vinílico pode ser limpo com água, e não estufa caso o animal faça xixi no ambiente", diz Cleber.

 

Linóleo

Esse revestimento é composto quase totalmente por matérias-primas naturais e é uma solução bastante econômica de revestimento. "Por ser levemente emborrachado, é impermeável e fácil de higienizar. Outra vantagem é sua característica antibacteriana, que ajuda a manter a higiene mesmo com os pelos e patinhas circulando pela casa".

 

Evite os pisos lisos

Para Cleber, uma dica importante é evitar os pisos lisos e escorregadios, que podem causar acidentes. "Azulejo, mármore, granito e ardósia são materiais que devem ser evitados, pois por terem superfícies muito lisas, podem fazer com que o cão escorregue", alerta ele.

"Esse tipo de piso também força o cão a fazer um esforço físico muito grande nas articulações para manter o equilíbrio em tarefas simples, como sentar ou se levantar. Segundo estudos, isso pode causar displasia coxo-femural, que afeta as articulações e é muito dolorosa, ou agravar casos já existentes da doença", finaliza o especialista.

Uma dica, caso a pessoa não tenha condição de trocar o piso da casa ou apartamento e ele seja liso, é espalhar tiras de tapetes emborrachados pela casa. "É uma boa alternativa para quem já tem a casa pronta e não pode reformar, é algo em conta que ajuda muito a prevenir acidentes e lesões, pois dão maior aderência para o cão não escorregar", indica o especialista.  

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.