Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 12-12-2018 às 20:35

Mineira transforma cidade em polo de confecção de lingeries

O case da empresária Rosana Marques, criada da marca de lingeries Ouseuse, ficou entre os 10 finalistas do de prêmio da ONU para mulheres empreendedoras

Rosana Marques é fundadora da Ouseuse. | Creditos: Divulgação

A empresária mineira Rosana Marques, fundadora da Ouseuse, ficou entre as 10 finalistas do Empretec Women in Business Awards 2018, prêmio conferido pela Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento do Comércio (Unctad).  O prêmio é um reconhecimento às mulheres empreendedoras, que tenham participado do Empretec e que transformaram as comunidades onde atuam. O programa Empretec teve início em 1988 e já capacitou 400 mil pessoas em mais de 40 países, com o apoio da Unctad.

Rosana Marques criou a confecção de moda íntima Ouseuse há 24 anos e teve grande participação no desenvolvimento produtivo e econômico da pequena cidade de Juruaia no Sul de Minas, tornando-a um polo da confecção de lingeries.

A empresária conta que cresceu atrás de um balcão. "Meu pai teve vários tipos de comércio e foi assim que aprendi a ter jogo de cintura, a ouvir e a negociar", conta. Após experiências em uma farmácia e como professora na zona rural, Rosana começou a vender roupas e abriu um pequeno comércio. Percebendo a necessidade de incrementar a linha de produtos, ela mesma passou a confeccionar lingeries.

Desde a primeira peça, buscou conhecimento sobre os processos, fornecedores e matérias-primas. "Começamos na informalidade, como muitos, enfrentando as dificuldades de todo negócio", lembra a empreendedora. Cientes de que deveriam se unir para fortalecer o setor, em 1994, Rosana e os comerciantes locais criaram uma associação e realizaram a primeira feira de empreendedores. "O Sebrae nos auxiliou desde o princípio, acreditando e nos encorajando a crescer.

Hoje, em Juruaia, não existem empresas grandes dominando o mercado, como vemos em muitos municípios, mas um polo econômico formado por pequenos empreendimentos que cresceram e ainda permanecem unidos", afirma.

Incentivado pelo Sebrae, o grupo de empreendedores participou do curso Qualidade Total. Em seguida, veio o convite para o Empretec, em 2005. "Foi a partir daí que começamos a enxergar certas necessidades, como estipular metas e identificar meios de cumpri-las, com segurança e metodologia." Rosana agregou outros produtos ao negócio e não parou mais de crescer.

O ano de 2008 marcou o salto da Ouseuse, atualmente marca presente em todos os estados brasileiros e também comercializada em países como Bélgica, Alemanha, Japão, Portugal, Itália e Grécia. "Aprendi a delegar tarefas para me dedicar ao crescimento do meu negócio, com coragem e segurança", conta a CEO, que planeja aumentar os canais de distribuição e ampliar a presença da grife no mercado externo.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.