Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 18-11-2018 às 20:18

Um dia para homenagear o coach

O Coaching é uma metodologia de desenvolvimento e aprendizagem que se constitui em um caminho para atingir objetivos com base na capacidade humana de observação, questionamento e mudança. 

O Coach tem um dia para comemoração | Creditos: Pixabay

O termo Coach de origem inglesa foi utilizado pela primeira vez na cidade de Kócs (Hungria) para designar carruagem de quatro rodas que transportavam as pessoas de um local ao outro, nesta analogia, o Coaching é um processo que leva as pessoas do estado atual onde se encontram para o local desejado ou seja, a conquista de seus objetivos e realização de sonhos.
O Coaching é uma metodologia que tem ganhado mercado e adeptos em todo mundo, visto a efetividade do processo e o auxílio as pessoas no que diz respeito ao alinhamento consigo mesmas e principalmente atribuição de sentido as próprias vidas, pessoal e profissional, o Coaching gera reflexão, aprendizado e mudança, proporcionando as pessoas um diferencial na qualidade de vida.
Muito se tem falado sobre o Coaching e algumas vezes, o termo amplamente banalizado por leigos, minimiza a importância que essa nova metodologia de auto conhecimento pode proporcionar a pessoas.
Como Psicóloga há 22 anos e atuante na minha profissão, ressalto a importância de distinção da métodos e técnicas utilizadas no Processo de Coaching, enfatizo que a Psicoterapia é voltada para processos de cura de traumas, de compreensão de questões subjetivas e geralmente com foco no passado, o processo de Coaching diferente da prática da psicoterapia é voltado para o futuro com definição de metas e objetivos e uso de ferramentas que auxiliam neste processo.
A Psicologia como ciência do comportamento é base teórica do Coaching, assim como outras áreas de conhecimento como: Administração, Pedagogia, Filosofia, Estudos Linguísticos.
O Coaching se estabelece, sem concorrer com as diferentes áreas, mas sim agregando o que essa áreas de conhecimento trazem de melhor para a sua base teórica.
O Coaching teve sua ampla divulgação e prática no Brasil nos últimos 15 anos e sua utilização nos diversos contextos: pessoal e profissional e tem auxiliado muitas pessoas no processo de auto conhecimento e desenvolvimento.
Torna-se importante fazer a distinção entre Psicoterapia e sua prática, que apenas pode ser exercida por profissionais formados na área de Psicologia e a prática do Coaching que tem sido exercida por profissionais de diferentes áreas com desejável formação na área de comportamento humano.
Julgo necessário enfatizar a qualidade e importância da formação desse profissional que tem como objetivo auxiliar outras pessoas, o profissional de Coaching deverá ter conhecimento teórico suficiente para lidar com as demandas advindas do processo de aprendizado e desenvolvimento humano, com congruência e autoridade diante desse outro ser humano, que busca e auto desenvolver.
O Profissional de Coaching não aconselha, não dá receitas prontas e não faz indicações de tarefas, o profissional de Coaching deve utilizar a ferramenta mais poderosa utilizada no processo de Coaching: as perguntas poderosas. As perguntas são muito importantes visto que a pergunta gera a reflexão, a reflexão gera aprendizado, este aprendizado deve se tornar uma ação efetiva que leve a mudança e a novos hábitos, assim acontece efetivamente o processo de Coaching, as ferramentas utilizadas são meros instrumentos que auxiliam o processo de reflexão e aprendizado, assim de forma objetiva, o processo de alinhamento é realizado entre Coach e Coachee.
Muito há de ser discutido sobre as diferenças entre Coaching, Mentoring, Consultoria, Treinamento e Cousenling, de forma que objetivos e práticas do profissional não se confundam em suas aplicações e objetivos, e o mais importante ainda, é que o Profissional de Coaching tenha conhecimento teórico e prático, para que sua atuação não se restrinja a uma caixa de ferramentas e frases prontas e decoradas, mas ao conhecimento do comportamento humano e suas singularidades, de forma a auxiliar no processo de aprendizado e desenvolvimento humano.
O Dia do Profissional de Coaching instituído no Dia 12 de novembro no Município de Goiânia pela Vereadora Cida Garcez e no âmbito Estadual pelo Deputado Bruno Peixoto reforçam a importância da valorização do profissional de Coaching e o marco dessa nova metodologia que auxilia pessoas e organizações a extraírem seus potenciais, alinhar valores e missão, dar sentido ao que fazem e buscar construir o melhor para si e para a sociedade em que vivem.
Comemorar a data de 12 de novembro é celebrar conquistas de uma nova área de atuação profissional, é consolidar uma nova classe de profissionais comprometidos com a transformação humana.
Como Coach, como Psicóloga tenho clareza da necessidade de saber o que se faz, como se faz e os limites das áreas de atuação como Psicóloga e Coach, tenho auxiliado muitas pessoas no consultório, nas organizações, na salas de aula a se encontrarem com o melhor de si mesmas, resgatando o potencial que habita em cada um de nós seres humanos.
Precisamos conhecer antes de criticar, precisamos antes de tudo, ter conhecimento e clareza dos âmbitos e limites de atuação das diferentes práticas profissionais, como Psicóloga como Master Coach, vejo a importância do auto conhecimento como ferramenta de transformação social.
Vamos comemorar o 12 de novembro, um marco na área do Coaching, parabéns Goiás por ter reconhecido a importância de nós profissionais de Coaching.
Mara Suassuna
Psicóloga CRP 09/2320 , Master Coach pelo IBC, Trainner em PNL, Analista Comportamental DISC, Coach Com, HR Tools, Mestre em Psicologia pela PUC Goiás, especialista em Gerontologia e Saúde do Idoso pela Universidade Federal de Goiás, autora do livro Coaching Kids, Coordenadora do MBA Gestão Estratégica de Pessoas e Coaching da Faculdade Araguaia, Diretora do IDHC – Instituto de Desenvolvimento Humano e Coaching. É presidente da Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais-BPW Goiânia-GO.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.