Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 18-11-2018 às 19:41

Talento jovem que desponta na "sofrência"

Mayara Campos lança seu projeto de carreira solo dando a volta por cima na “sofrência”. Após um pouco mais de um ano cantando na dupla Flávia e Mayara, ela ousa vôos mais altos, e talento tem de sobra

Mayara Campos está se preparando para alçar outros vôos. | Creditos: Wellysson Rodrigues

Mayara Campos canta e compõe desde criança, possui experiência profissional de mais de 9 anos e é registrada na Ordem dos Músicos sob a inscrição 130169, com especialidade em canto popular. Ao longo de sua carreira se apresentou em colações de grau, coral, igreja, formaturas, bares, diversas bandas de diferentes estilos musicais, recepções de casamentos e happy hours e dupla sertaneja.

Dentre suas influências estão a soul music, o sertanejo e a música popular brasileira. Mayara trabalhou muitos anos em bandas bailes, o que fez com que seu repertório se tornasse bem mais amplo e eclético a capacitando a interpretar desde o ritmo contagiante baiano, o axé, até o samba e o pop rock nacional/internacional.

A cantora nascida em Guiratinga - Mato Grosso e morando a vida toda em Cuiabá, estudou técnica vocal com a renomada professora Raquel Rocha (Cuiabá - MT), bem como cursos de canto coral (coral do CEFET onde cursou seu ensino médio e técnico (secretariado) bem como apresentação e curso na ufmt). Na época, adquiriu confiança cantando em eventos produzidos pela produtora da sua mentora e também em corais, igrejas evangélicas, além de participar de outros shows promovidos pelos cerimoniais locais e da banda Jedutum (a qual a mesma fez parte, cantando inclusive na Marcha pra Jesus em Cuiabá – trio elétrico), já fez também trabalhos como backing vocal para outros cantores de Cuiabá e mais tarde de Brasília. Em 2011, Mayara se mudou para Brasília para cursar Biblioteconomia na Universidade de Brasília – UnB, curso no qual mais tarde ela veio a se formar. 

Em Brasília, Mayara fez diversos trabalhos artísticos, sempre conciliando os estudos com a sua paixão pela música. Começou a compor com parcerias canções em diversos gêneros musicais (funk, sertanejo, forró, pop) e passou a se apresentar em bandas bailes como Chiquita Bacana e na do intérprete André Porto, Banda do Cerrado, Clima de Montanha dentre outras, alegrando públicos de todas as faixas etárias.  Destacou-se na banda Caras e Bocas, que realiza shows com a conceituada PR Music Produções. Durante mais de 4 anos como vocalista da Caras e Bocas, Mayara Campos realizou eventos de médio e grande porte dentro e fora da Capital Federal e chegou a abrir shows de importantes intérpretes brasileiros, como Guilherme Arantes. 

Mais tarde, em maio de 2016, Mayara se juntou a sua amiga Flávia Lindgren e juntas formaram uma dupla sertaneja “Flávia e Mayara”, onde interpretavam músicas do ritmo em ascensão e “sofrência”. No início as cantoras gravaram vídeos para seu canal na plataforma de vídeos  YouTube e aos poucos o trabalho foi ganhando forma e espaço. Em 2017 elas foram convidadas para assumir as quintas-feiras da famosa cachaçaria Água Doce e logo depois já assumiram as quartas-feiras no bar e restaurante Jow. Em pouco tempo, a dupla já tinha fã clube e recebeu carinhosamente de seu fã clube a fama de pioneiras do sertanejo no plano piloto em Brasília. Estiveram no palco em diversos momentos especiais, como a participação na inauguração da abertura da casa de show Dallas, com diversos artistas renomados e chegaram a abrir o show da dupla Lucas Reis e Thácio em Luziânia –GO. Fizeram também vários Programas de TV e Radio como “Programa Cidadão”, “Pampa e Cerrado”, “TV Anhanguera”, “Radio Atividade”, “Programa Junto e Misturado”, “Radio Jovem Pan” e muitos outros, a dupla chegou a gravar um EP “Além de Mim”.

Após um pouco mais de um ano cantando na dupla Flávia e Mayara, Mayara Campos lança seu projeto de carreira solo dando a volta por cima na “sofrência”. Mayara traz em seu repertório uma pegada mais dançante, explorando o lado romântico e sensual do sertanejo universitário, com influências do funk, forró, música latina, pop e pop rock internacional. “Quero mostrar toda minha versatilidade como artista. Com a liberdade de estar sozinha em cima do palco, minha conexão com o público será mais intensa”, declara Mayara.4

Agora, em 2017, após a separação da dupla, Mayara segue em carreira solo.

Mayara Campos já começou sua carreira com a agenda cheia, com entrevistas agendadas em rádios e TVs. Além disso, seu show de lançamento ocorreu no dia 26 de agosto. Ela abriu o espetáculo da dupla Bruno e Barreto, em Águas Lindas de Goiás-GO. Na ocasião, Mayara também lançou sua primeira música de trabalho, intitulada “Toma Trouxa”. Com seu show de lançamento, Mayara Campos conquistou corações, e mais fã clubes. Já fez entrevistas na Rádio  Atividade 107,1, Rádio  Verde Oliva, dentre outras, programas de TV (Vitrine Cultural, As Moda que Tocam, Programa do Edelson Moura dentre outros), além de fazer diversas participações em shows de grandes nomes do sertanejo na Capital Federal. Já fez participações com artistas renomados e nacionais como “Cleber e Cauan / João Neto e Frederico / George Henrique e Rodrigo”

O primeiro single “Toma Trouxa”, já é sucesso na Internet, o video Clipe da sua música de trabalho será lançado esse ano, com a agenda lotada de shows, participações especiais, programas de TV e radio até o fim do ano, Mayara se sente à vontade em cima dos palcos e com seus fãs: “eu gosto de estar em sintonia com o meu público, cantar é a minha paixão”, declara.

 

 

Redes Sociais:

Youtube I Instagram I Facebook I Twitter

Contato para shows: Reis (61) 99874-5710

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.