Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 18-11-2018 às 20:17

Animais de estimação ajudam a combater a solidão

Encomendada pela Mars Petcare, resultados apontam que 75% dos entrevistados deixaram de se sentir sozinhos 1 mês após a chegada do pet em sua vida

| Creditos: PixaBay

A Mars Petcare, maior empresa de alimentos e cuidados para pets do mundo e líder global no segmento, encomendou à OnePoll, empresa especializada em pesquisas, um estudo sobre o impacto dos pets na vida de pessoas que se dizem solitárias ou sobrecarregadas no trabalho. 

Os resultados mostraram que 33% dos entrevistados se descrevem como "socialmente isolados" e, especialmente entre os adultos, sentir confiança é algo raro, já que alegam ter apenas 2 pessoas em quem podem realmente confiar. Há inúmeros fatores apontados como gatilhos para esse isolamento, mas destaca-se a dedicação excessiva ao trabalho – 32% dos entrevistados revelaram que horas extras foram prejudiciais à sua vida pessoal – e o exagero no uso das redes sociais – 25% das pessoas admitiram que grande parte de suas interações sociais acontece online.  A pesquisa também descobriu que os entrevistados se sentem sozinhos, em média, 7 dias por mês, que 6 em cada 10 pessoas apresentam ansiedade social e mais de 75% evitam a completa socialização. Além disso, 44% acham que o ser humano está menos amigável do que era há apenas 5 anos, 75% acreditam que as pessoas estão se tornando mais distantes uma das outras em comparação às gerações anteriores e 1 em cada 6 entrevistados admite que se preocupa mais com o que os outros pensam sobre ele do que há 5 anos atrás.

No entanto, os animais de estimação parecem fazer toda a diferença: 21% das pessoas que possuem gatos e cães disseram se sentir sozinhas, em comparação aos 32% dos que não tem animais de estimação.

De acordo com Deri Watkins, Executivo da Mars Petcare, os animais de estimação podem fazer parte da solução para a crescente questão da solidão. “Somos extremamente apaixonados pelo assunto e essa pesquisa mostra a diferença tangível que nossos amigos caninos e felinos podem fazer na vida das pessoas solitárias”.

Aqueles que possuem um animal de estimação revelaram que ter um pet faz toda a diferença e impulsiona a vida social:

- 82% dos tutores de animais entrevistados se sentiram menos sozinhos ao receber um animal.

- 4 em cada 5 entrevistados disseram que o sentimento de isolamento desapareceu 1 mês depois do pet passar a fazer parte de suas vidas.

- 6 em cada 10 pessoas entrevistas relataram que o pet é seu companheiro mais próximo.

- 85% dos entrevistados disseram que seu animal faz a casa um lugar mais feliz para se morar.

- Mais de 50% das pessoas entrevistadas atribuem ao pet um novo senso de propósito para suas vidas.

- 50% dos entrevistados tutores de cães têm mais probabilidade de conversar com pessoas que não conhecem quando caminham com o pet.

- 62% dos entrevistados que possuem um cão disseram que fazem mais exercício.

 

Sobre a pesquisa: a pesquisa foi conduzida pela One Poll para a Mars Petcare, no Reino Unido, em julho de 2018, e contou com uma amostra de 2.000 pessoas adultas.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.