Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 24-10-2018 às 01:38

E se a mulher ganhar muito mais que o marido?

"Entenda que não é o dinheiro o problema, o problema é não conversar sobre ele", afirma especialista

| Creditos: PixaBay

Apesar dos grandes avanços, ainda vivemos em uma sociedade machista, onde o homem tem a “missão” de ganhar mais que a mulher, e isto pode gerar conflitos.

Este assunto ainda é tratado como tabu em muitos relacionamentos, onde não há liberdade de conversar sobre ele.

Os movimentos feministas buscam por igualdade de remuneração, pois em média a mulher ganha menos do que o homem.

Uma pesquisa realizada pelo site de empregos Catho em 2018 com quase 8 mil profissionais mostra que elas ganham menos que os homens em todos os cargos, áreas de atuação e níveis de escolaridade pesquisados, onde a diferença salarial chega a quase 53%.

Mas isto não é regra, há vários casos onde o fato é o inverso. Aqui em casa já tivemos momentos em que meu marido ganhou mais do que eu, outros em que eu ganhei mais do que ele, e como o objetivo é único isto não faz diferença. É um ato de amor e cumplicidade incentivar o companheiro ou companheira a buscar o melhor pela família.

Como ter harmonia e não gerar conflitos? Um bom alinhamento é a alma do negócio.

É importante que cada um entenda suas possibilidades, e apoie o outro em suas conquistas. Afinal, o dinheiro é do casal. Assim como deixar de falar de projetos, de sexo ou qualquer outro assunto, deixar de falar de dinheiro pode gerar problemas para o casal.

Entenda que não é o dinheiro o problema, o problema é não conversar sobre ele.

Se você quiser preservar seu casamento, fale abertamente de todos os assuntos, principalmente daqueles que o incomodam, e aí a sua relação vai ser mais leve e feliz. E se um dos dois ganhar mais do que o outro, apoie e incentive, afinal, a vida é em comum.

Converse, se entenda, porque o mais importante é que você e sua família sejam felizes com suas escolhas.

 

* Eliane Jaqueline Metzner é Planejadora Financeira CFP pelo Instituto Brasileiro de Planejadores Financeiros - Planejar, Master Coach Financeira e autora dos  livros Finanças na Prática, Mais que Dinheiro e Finanças em família. Trabalha com treinamentos na área financeira e orientação financeira a famílias, tanto na gestão de recursos como em investimentos.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.