Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 24-10-2018 às 02:03

Farol Santander inaugura nova exposição sobre luz e arte

A partir do dia 2 de outubro, Luz e Arte – reflexão e emissão, com instalações de arte imersiva, estarão abertas ao público!

| Creditos: Carol Quintanilha/CASACOR

O Farol Santander, novo centro de empreendedorismo, cultura e lazer no centro de São Paulo, ganha uma nova exposição a partir do dia 2 de outubro! A Luz e Arte – reflexão e emissão ocupará dois andares do prédio até o dia 6 de janeiro.

Com produção executiva de Julia Brandão e criação e coordenação da Storymakers, duas obras serão expostas: Entreter, de Gisela Motta e Leandro Lima e No Strata do NONE Collective. Cada uma com 330 m², foram dispostas para provocarem questões contemporâneas usando a luz. Assim, provam que a luminosidade não é apenas um item de apoio para o artista, mas pode ser o próprio objeto da obra.

 

Entreter

Desenvolvida por Gisela Motta e Leandro Lima, o projeto apresenta um grupo de sete objetos dispostos de forma que a composição completa remeta a um pequeno parque de diversões.

Pequenas estruturas, como a de uma Roda Gigante, Montanha Russa e Carrossel, serão representadas e simplificadas a seus contornos. Dessa forma, as peças são apresentadas como provocadoras visuais e de sentidos – que aguçamos através da observação e da memória.

O movimento audiovisual ganha força nas animações que ocorrem pelos pontos de luz, chamando a atenção do público, que pode, inclusive, passear entre as peças. A obra é acessível para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzidas e deficientes visuais poderão usar audioguias.

 

NO STRATA

Pela primeira vez a obra NO STRATA, fruto do trabalho do grupo italiano NONE Collective, é apresentada ao público. Uma instalação com módulos de luz e sons pode ser observada por meio de uma passagem nebulosa. De dentro da instalação, o visitante é imerso em uma floresta – composta por 44 módulos vibratórios, feitos de cobre, que produzem som metálico.

Diferentes alturas e materiais compõem a peça: a parte mais baixa é escura e a mais alta é composta por 20 refletores de luzes, que se projetam em placas de cobre e escaneiam o ambiente e o público, como um tipo de radar. Convidados a contemplar a paisagem da cidade em um momento de sinestesia. Essa obra também é acessível.

Direção artística de Facundo Guerra e direção de produção de Angela Magdalena (Madai).

 

Serviço:

FAROL SANTANDER

Local: Rua João Brícola, 24 / Entrada acessível: Rua João Brícola, 32

Horário de funcionamento: De terça a sábado, das 9h às 20h I Domingo, das 9h às 19h

Ingresso: R$20 – inclui visitação completa ao Farol Santander

Capacidade por andar: 60 pessoas

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.