Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 18-11-2018 às 20:04

Minimalismo e assimetria marcam o Jardim do Jornalista

Assinado por Mara Rúbia Magalhães, o espaço é um convite ao repouso e à contemplação em uma atmosfera minimalista e aconcheganteEdgard Cesar/CASACOR

| Creditos: Edgard Cesar/Jomar Bragança/CASACOR

Se é minimalista, o uso de poucos elementos é primordial. Pautada neste estilo e ideia, a paisagista Mara Rúbia Magalhães marca sua 2ª participação na CASACOR Brasília com o Jardim do Jornalista, que também homenageia o colunista Marcelo Chaves.

“Como o jardim é um ambiente de passagem, que entra em contato com outros espaços, optei por não investir em cores quentes, deixando apenas o essencial em evidência”, explica a profissional.

Cores suaves e boa iluminação marcam o projeto, que recebe esferas de polietileno – características dos projetos da profissional – onde são penduradas e dispostas de maneira de maneira irregular.

A mesma temática, de não seguir um padrão, é aplicado no revestimento cimentício 3D, que cobre uma das paredes e se torna destaque no jardim. No pouco mobiliário existente, quatro balanços de corda náutica convidam o visitante a um momento de repouso e contemplação no jardim de Mara Rúbia.

 

Serviço:

CASACOR Brasília 2018

Data: até 30 de outubro de 2018 (Terça a sexta-feira das 15h às 22h I Sábado, domingo e feriados das 12h às 22h)

Local: Antiga Casa da Manchete – Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Quadra 1, número 975

Ingresso: Entrada inteira: R$ 50 I Meia-entrada: R$ 25

Compre online clicando aqui!

*Crianças menores de 12 anos não pagam

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.