Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 21-11-2018 às 11:04

Preparação para o vestibular

A saúde dos candidatos precisa estar incluída na rotina de preparo para a bateria de exames

| Creditos: PixaBay

A boa preparação é o fator determinante para o sucesso no vestibular. Porém, é preciso saber o estilo de prova que você terá de fazer, pois cada uma tem a sua especificidade. Por exemplo, quem irá buscar cursos nas áreas humanas, as provas privilegiam questões discursivas, outras destacam disciplinas como a matemática e a física. Identificando isso, fica mais fácil focar em quais assuntos precisarão ser mais estudados.

Mas não é só com a preparação que os candidatos precisam se preocupar. A saúde é também outro fator determinante. Por isso, deve-se intercalar os momentos de estudo com alguns períodos de descanso que pode ser ir ao cinema ou passear com amigos. Pequenas atividades que quebrem um pouco a rotina, mas que estejam previstas dentro de um planejamento de estudos.

Não se esqueça que o medo faz parte da preparação. O grande desafio é aprender a controlá-lo, de forma a não prejudicar suas habilidades cognitivas como, por exemplo, a atenção e a memória.

É nesse período que a família precisa dar apoio e tranquilizar o candidato. Transmita confiança e compreensão, por exemplo, mostrando que conseguindo ou não passar na prova, isso não vai mudar o sentimento e admiração que se tem por ele ou ela.

Alguns dias antes, os pais podem também ir no lugar onde será realizada a prova. Isso ajudará a ficar familiarizado com o trajeto e evitará que se perca do endereço.

Na véspera, é essencial controlar a ansiedade, não pensar demais no exame e tentar relaxar. Não adianta querer estudar tudo ou fazer uma revisão muito cansativa no dia anterior.  Faça uma caminhada leve e não coma coisas pesadas.

E no dia, tente não chegar tarde. Muitos que chegam em cima da hora fazem a prova muito estressados ou nervosos, além daqueles que nem conseguem entrar. Fique tranquilo e tenha uma boa prova.

 

Sobre a especialista

Uma das fundadoras do Instituto NeuroSaber, Luciana Brites é Pedagoga especializada em Educação Especial na área de Deficiência Mental e Psicopedagogia Clínica e Institucional pela Unifil Londrina. Também é especialista em Psicomotricidade pelo Instituto Superior de Educação Ispe – Gae São Paulo, além de coordenadora do Núcleo Abenepi em Londrina.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.