Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 26-09-2018 às 08:19

Superação de câncer, motiva dentista a fazer pacientes sorrirem

Uma das fundadoras do Instituto Sorrir Para Vida é uma dentista que conseguiu vencer o câncer não apenas uma, mas duas vezes, e sentiu na pele e na boca todos os efeitos colaterais que a quimioterapia causa. Depois de ter superado a doença, ela decidiu en

Marisa Helena de Carvalho, dentista e fundadora do Instituto Sorrir Para Vida. | Creditos: Youtube/Divulgação

Após se recuperar duas vezes do câncer de pele, Marisa Helena de Carvalho voltou a trabalhar no seu consultório. Um dia, a oncologista Vanessa de Carvalho Fabrício pediu para ela tratar gratuitamente da saúde bucal de um adolescente com câncer. Marisa aceitou na hora. Algum tempo depois, mais duas crianças vieram pedir a mesma ajuda. Ela atendeu a esses pedidos entre uma consulta e outra.

Observando a movimentação, os pacientes começaram a perguntar e ela contava o que estava fazendo. Comovidos, eles então resolveram ajudar financeiramente na aquisição de novos materiais para poder atender mais pessoas. E assim nasceu o Instituto Sorrir Para Vida.

A proposta inicial era cuidar de pacientes oncológicos. Contudo, com o tempo e por conta dos voluntários, o instituto passou a cuidar também de pessoas especiais, como autistas, portadores da Síndrome de Down e deficiências neurológicas. Um dos grandes desafios enfrentados no começo foi conseguir dentistas voluntários. O que ela ouvia bastante era que “nem relógio trabalhava de graça”. Porém, isso não foi motivo para essa mente diferente desistir. Aos poucos, ela foi tocando o coração de pessoas dispostas a fazer mais pelo próximo e hoje o instituto tem 20 voluntários consolidados para atender uma média de 15 a 20 pacientes por dia.

O mais emocionante é ver toda persistência e dedicação a esse trabalho fazendo a diferença na vida de muitos brasileiros. Segundo Marisa, há pacientes que chegam ao consultório querendo desistir, mas depois de um tempo essa ideia passa a não existir mais, pois eles voltam a ter motivos para sorrir. Isso é o mais gratificante. E o maior sonho dela é justamente este: devolver o sorriso e a vida para mais pessoas.

Esses pouco mais de 10 anos de luta, solidariedade e doação fazem de Marisa Helena de Carvalho uma mente diferente e inspiradora.

 

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.