Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 15-11-2018 às 03:52

Grupo de dança contemporânea do Chile realizará workshops em 7 cidades da América Latina

As atividades do projeto "Vitrina en viaje" acontecem entre os dias 10 e 26 de agosto no Brasil, Argentina e Uruguai, com o objetivo de tornar visível o trabalho cultural do Chile e estabelecer vínculos com artistas e gestores desses paíse

| Creditos: PixaBay

Entre hoje e domingo (26 de agosto), o Coletiva de Arte La Vitrina, um grupo de longa e reconhecida trajetória de dança contemporânea no Chile, vai realizar um projeto inédito para aumentar a visibilidade da cultura nacional e fortalecer os laços com os artistas e gerentes do Brasil, Argentina e Uruguai.

Graças à iniciativa "Vitrina en viaje" com o apoio do ProChile e Ministério da Cultura, Artes e Patrimônio, os artistas, pesquisadores e professores de várias disciplinas artísticas que compõem este grupo, irão realizar diversas atividades em sete cidades na América Latina.

Assim, em cada uma dessas aulas e workshops, eles se reunirão com os seus pares locais, a fim de fortalecer oportunidades de networking para melhorar a internacionalização e circulação tanto do próprio grupo, como outras empresas chilenas.

Através deste projeto, que tem o apoio do ProChile, o Coletivo de Arte “La Vitrina” também pretende promover o intercâmbio de estratégias, visões e formas de trabalhar de acordo com os contextos sociais, culturais e políticas de cada país .

Para esta tarea se cuenta además con el apoyo de las Embajadas y Consulados de Chile en dichos países, y la colaboración de los espacios culturales donde se realizarán prácticas corporales y reuniones de gestión, entre otras actividades que llevará a cabo esta organización que ha realizado investigaciones escénicas que han aportado al patrimonio coreográfico de la danza en Chile, que en 2017 le valieron un importante reconocimiento público: el Premio Patricio Bunster a la Trayectoria Colectiva 2017, otorgado por el Ministerio de las Culturas, las Artes y el Patrimonio de Chile.

Para esta atividade, eles também contam o apoio das Embaixadas e Consulados do Chile nesses países e a colaboração de espaços culturais onde acontecerão as práticas corporais e reuniões de gestão, entre outras atividades, conduzidas pelo grupo. , Responsável por pesquisas cênicas que contribuíram para a herança coreográfica da dança no Chile, o Coletivo de Arte “La Vitrina” recebeu em 2017 um importante reconhecimento público, o Prêmio Coletivo Bunster Patricio 2017, concedido pelo Ministério da Cultura, Artes e do Patrimônio do Chile.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.