Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 22-08-2019 às 09:58

4 olhares sobre cores e formas, na Galeria de Artes Luiz Beccari

Entre os artistas, Rejane Aguiar que está se despontando em Cuiabá com muito talento

Rejane Aguiar, uma das expositoras, e sua obra Descanso, óleo sobre tela, dimensão 80x120 | Creditos: Portal RCQ

    Com qual lente você enxerga uma pintura artística? Dentro da corrente estética, das tendências? Se reconhece os traços nomodernismo, contemporaneidade, realismo, hiperrealismo, etc...? A observa em sua simetria, ou assimetria, nas suas cores vivas, nos seus tons sobre tons? E qual seria o olhar com o qual o artista concebe a sua obra? A resposta a esta pergunta pode ser dada na exposição coletiva: “4 olhares sobre cores e formas”, que será inaugurada na segunda-feira, 16 de maio, de manhã, na Galeria de Artes Luiz Becari, que fica na TV Cidade Verde-Band, A mostra reúne 30 pinturas em óleo sobre tela, dos artistas mato-grossenses, Rejane Aguiar, Télio Fernandes, Rafael Lima e Henrique Magalhães.    

     Vicente Paulo, artista plástico, e coordenador de cultura da Band TV é o curador da exposição, que pode ser aprecida no horário comercial, das 8 às 18 horas. Segundo ele, a Galeria de Artes Luiz Becari (que leva o nome do presidente fundador do rede Cidade Verde, de Rádio e Televisão, homenagem póstuma) é um espaço muito relevante, que foi disponibilizado com a proposta de valorizar a cultura, artista e os produtores de arte, e novos talentos. 

     Dentre os novos talentos, registra-se os primeiros passos, em Cuiabá, de Rejane Aguiarque já há alguns anos exerce seu talento na cidade de Barra do Bugres, interior de Mato Grosso, e que já incursionou por outras localidades brasileiras com sua obra. Vicente aponta que o hiper-realismo é uma tendência forte  nas obras da artista selecionadas nesta coletiva. Vale destacar, que trata-se de um gênero, que sempre usa uma fotografia como modelo para a obra, mostrando a importância que a fotografia vem ganhando na contextualização das artes.

     É interessante que os apreciadores de arte, e quem deseja compor ambientes co pinturas regionais, prestem muita atenção no trabalho de Rejane e a mostra coletiva “4 olhares sobre cores e formas”, dentre os quatro artistas, você poderá mergulhar no universo de uma mulher, que através da sua sensibilidade parece fazer saltar das suas telas e ganharem uma dimensão além do estético, feras, aves, nativos da terra e fauna. Como na obra, que reúne todos estes elementos, que encantou a juíza de direito AminiHaddad Campos. Ao sair de uma reunião da Academia Mato-Grossense de Letras, que ocorreu na manhã do último sábado,  na TV Band, viu a montagem da exposição e mesmo antes de ser aberta já adquiriu a obra. “Vai ficar muito linda compondo um dos ambientes da minha casa”, disse ela, que acima de tudo incentivou a nova artista.

     Embora está ainda em sua chegança na Cidade Verde, Rejane que é autodidata, já tem acervos em vários lugares fora de Mato Grosso, conforme enfatiza. “Resolvi especializar em artes plásticas, sou bem eclética, pinto diversas técnicas, mas com a procura maior no realismo. Tenho várias exposições individuais e coletivas pelo mundo. Integrante na família CONBLA (Confederação de Letras e Artes) no estado de São Paulo, com títulos de Embaixadora da Paz e Delegada Cultural pelo mesmo, e com várias medalhas ganhas no Rio de Janeiro, São Paulo e outros. Vários diplomas e reconhecimento com honra ao mérito, e certificados de participações em exposições, que me trazem muito orgulho”, disse orgulhosa. Ela tem obras catalogadas em revistas, onde  divulga o que mais ela ama fazer “arte”. É o que vem de dentro do seu coração.  Já com acervos espalhados por lugares diferentes, e isso a encanta e a move para se tornar cada vez mais talentosa. Rejane já está montando seu atelier em Cuiabá.

Os outros olhares

     Na coletiva o público conhecerá também um pouco mais do trabalho de Rafael Lima, que coloca muito da religiosidade em sua pintura, que Vicente Paulo aponta ​que se enquadra na arte contemporânea, voltado ao figurativo; do artista Henrique Magalhães, o mais jovem, que tem 19 anos. “Um novo talento que está se despontando e tem um trabalho interessante, e boas perspectiva de crescimento. É a primeira exposição que participa”, in formou o curador, destacando qua a sua arte é contemporânea, e o artista pluralista, figurativo.

     Dentre todos os expositores, TélioFernandes é o que tem mais nome e trabalhos expostos. Sua tendência é o primitivo e usa muito a vaca nas obras, fazendo a junção figurativa entre o ser humano, em ambientes rural e urbano e o animal.

     Vale conferir a exposição “4 olhares sobre cores e formas”. As obras variam  de R$ 1.000,00 a R$ 4.000, 00  e todas estarão a venda. A Galeria de Artes Luiz Becari fica na Avenida Arquimedes Pereira Lima, 1200 (Estrada do Moinho)– Jardim Itália. Fone: 36120012.

 

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.