Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 21-08-2018 às 01:43

Empresas de produtos e serviços pet devem “invadir” o mundo digital

O segmento de animais de estimação precisa apostar no mundo virtual para garantir um atendimento individual mais qualificado para os proprietários de pets, diz palestrante

| Creditos: PixaBay

A sócia da AGR Consultores, Ana Paula Ribeiro Tozzi, não tem dúvidas: as empresas de produtos e serviços para pets precisam combinar loja física com loja virtual. “Essa é uma tendência e uma necessidade pois garantirá a fidelização dos clientes, com melhoria na qualidade do atendimento, que precisa ser individualizado”, afirma.

Ana Paula falará sobre “Tendências de consumo para o Mercado PET - Consumidores online e plataformas de produtos e serviços para Pets”, no Insight Experience, programa de relacionamento para grandes compradores da indústria, na PET South America, que ocorre em agosto em São Paulo. Apesar da aparente contradição, a especialista garante que a presença no mundo virtual possibilita um olhar sobre cada cliente, com a armazenagem de dados com informações importantes para o proprietário do pet. “O negócio precisa ser olhado pelo olhar do consumidor, que sempre verá o seu animal de estimação como o mais importante”.

A meta é fazer com que a experiência da pessoa seja única, explica Ana Paula. “O dono de um gato não tem as mesmas expectativas que aquele que tem um cachorro. Assim como quem tem um cão grande espera algo diferente de quem tem um pequeno”, afirma.

Formada em Administração de Empresas pela FEA-USP, com MBA Executivo Internacional pela Fundação Instituto de Administração FIA-USP, Ana Paula tem experiência no setor de varejo e, ao longo da carreira de consultora, realizou projetos em empresas de médio e grande porte com foco em estratégia, redesenho de processos, reestruturação de empresas, gestão financeira, seleção de soluções em tecnologia e outros projetos de gestão.

Baseada nessa experiência, a consultora diz que o processo de mudança na cultura do empreendedor já está avançando. “Não se trata de uma migração, mas da fusão entre o físico e o digital”, analisa. “Imagina o cliente em casa e o pet shop liga ou envia mensagem alertando que está na hora de vacinar o animal de estimação. Além de sentir que está tendo uma atenção especial, ele também não pensará duas vezes ao precisar de algum serviço ou produto pet. E essa informação estará à disposição do empreendedor em seu banco de dados”, diz. “A presença das empresas no mundo virtual também facilita na compra de produtos e na hora de marcar um serviço, como banho e tosa. Tudo isso garante a fidelização do cliente”.

 

Serviço:

Data: 21 a 23 de agosto de 2018
Local: São Paulo Expo
Endereço: Rodovia dos Imigrantes, Km 1,5 – São Paulo, SP

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.